quarta-feira, 27 de maio de 2020

Compartilhe

Todo mundo já ouviu aquela famosa frase “Seu elenco é tão bom quanto a capacidade do seu Quarterback reserva.” E muitas vezes isso se prova verdade porque a NFL é uma Liga com muitas lesões, sendo a posição de QB, a mais vulnerável. É claro, existem aqueles caras mais resistentes, que pouquíssimas vezes se lesionam, e isso é valioso demais. Russell Wilson, Philip Rivers e até ano passado, Eli Manning por exemplo. No entanto, existem jogadores talentosos que perdem alguns jogos por lesão, sendo assim necessário um reserva competente para assumir nessas semanas em que ele possa estar ausente. Casos como de Ben Roethlisberger, Carson Wentz e Drew Brees. Não são os chamados injury prones, mas sim QBs que recentemente tiveram a ajuda de seus reservas para não dizerem adeus a temporada mais cedo. Dessa forma, elaboramos uma lista com os 5 melhores QBs reservas da NFL.

Andy Dalton – Dallas Cowboys

Recém cortado do Cincinnati Bengals após a chegada do calouro Joe Burrow, Dalton terá que se acostumar com a vida de reserva, pelo menos em 2020. Titular de bom nível por praticamente toda a sua carreira, Dalton sempre foi conhecido por ser um nome mediano da posição. Sempre por ali, oscilou pouco durante os anos para cima com elencos mais fortes, e para baixo com elencos mais fracos, mas sempre na média. E é exatamente o que você quer de um reserva, estabilidade. Ele não precisa ganhar jogos para você, mas se Dak tiver algum problema durante uma semana ou outra, Dalton não será o cara responsável por perder possíveis jogos na sua ausência. Com um contrato de 1 ano, poderá testar o mercado em 2021 e possivelmente voltar a ser titular. Seria um bom nome para um time que precise de um QB ponte para uma adaptação de calouro por exemplo.

Leia Mais: Com um bom draft, o Kansas City Chiefs vem ainda mais forte para 2020

Leia Também: O draft do Cincinnati Bengals não se resume apenas a Joe Burrow

Nick Foles – Chicago Bears

Nick Foles teve uma das temporadas de reserva mais marcantes da história da NFL. Não tem muito mais o que falar aqui. Provou seu papel assumindo no lugar de Carson Wentz e levou o Eagles ao Super Bowl. Meu palpite inclusive é que rouba a vaga de titular de Trubisky, o que também não é tão difícil, e termina a temporada no comando do Chicago Bears. A ver se consegue se sustentar para a temporada 2021, mas para 2020, por enquanto na condição de reserva, está entre os mais capazes.

Ryan Fitzpatrick – Miami Dolphins

Assumindo que o titular da posição se chama Tua Tagovailoa, Fitzpatrick é um dos melhores reservas dos últimos anos na Liga. Inclusive com a chamada “maldição de Fitzpatrick” onde todo o time que assina, o titular acaba tendo algum problema e ele joga. Tem sido assim pela maioria de seus times, onde ele também começa muito bem e termina em baixa. Em 2019, fez muito com pouco. No comando de um dos piores elencos da NFL e dado com certo a ser a #1 geral do Draft, dizem as más línguas que Fitz desagradou a diretoria e venceu jogos demais, tirando o Dolphins do topo do Draft. Felizmente para os torcedores que queria Tua Tagovailoa, a #5 geral foi suficiente para garantir o produtor de Alabama para ser o QB do futuro da franquia. Em 2020 começando talvez como reserva de Tua, está entre os melhores para dar segurança ao calouro e assumir caso a lesão não esteja recuperada 100% ainda.

Jameis Winston – New Orleans Saints

Titular do Bucs nos últimos 5 anos, Winston oscilou demais. Por ser um jogador que arrisca muito, alternava excelentes e péssimos momentos. Em NOLA, terá a oportunidade de dar um novo começo a sua carreira e corrigir problemas sem a pressão de ter que jogar. Aprender com Drew Brees e Sean Payton pode ser um fator diferencial em uma possível volta por cima para 2021, podendo seguir os passos de Teddy Bridgewater e se tornar novamente titular de uma franquia. Com 26 anos, ainda é jovem e tem um teto alto. Não duvidem de times o procurando ao fim da temporada caso consiga melhorar principalmente seus problemas com turnovers. No entanto, por ter em sua essência problemas de oscilação, o banco pode não lhe cair bem, já que estabilidade é o principal atributo de um reserva, mas vou mantê-lo na lista pelo potencial.

Marcus Mariota – Las Vegas Raiders

Mesmo caso de Winston mas por motivos diferentes. Após 5 anos no Titans, nunca deu o salto que se esperava mesmo com todas as condições para isso. Enfrentou problemas com lesões e táticos, mas nada que justifique sua involução em alguns momentos. No entanto, também teve sucesso, mesmo que em menor grau. Em comparação com Winston, conseguiu se classificar aos playoffs uma vez, e ainda venceu um jogo. Tem seus problemas, mas com um nível interessante para reserva e a experiencia necessária, não duvido disputar a vaga de forma acirrada com Derek Carr durante os Training Camps.


São os grupos mais fracos e vão precisar de que os jogadores adicionados no Draft e na Free Agency produzam bem para que o grupo chegue em níveis aceitáveis de competição.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.