quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Compartilhe

O fim da temporada regular da NFL nos brindou com um raro empate quádruplo na AFC. Tennessee Titans, Buffalo Bills, Baltimore Ravens e Los Angeles Chargers se igualaram com uma campanha de 9-7, disputando duas vagas nos Playoffs.

Como não é muito comum um empate nesses moldes, os fãs da NFL podem se confundir com os critérios de desempate que foram necessários para definir os classificados e os eliminados entre esses times de quatro divisões diferentes. Vamos então entender passo a passo como ficou decidido quem iria aos Playoffs:


  1. Se alguma dessas equipes tivesse ganhado das outras três, estaria automaticamente classificada. Se alguma dessas equipes tivesse perdido das outras três, estaria eliminada. Mas esse não poderia ser o caso, já que nenhum desses times enfrentou os todos os outros.

  2. Isso nos leva ao segundo critério de desempate que é a campanha desses times dentro da própria conferência, ou seja, quantos jogos ganharam em confrontos com equipes da AFC.

    Esse foi o critério que garantiu a 5ª seed para Tennessee, já que o Titans ficou 8-4 dentro da AFC.

    Bills e Ravens continuaram empatados, já que fizeram uma campanha 7-5 na AFC.

    E o Chargers acabou sendo eliminado da briga por ter ganhado 6 e perdido 6 partidas dentro da conferência.


  3. Assim restou apenas uma vaga que ficaria entre Bills ou Ravens e caso esses times tivessem se enfrentado durante a temporada regular, o vencedor do confronto teria ficado com a vaga. Mas esse não foi o caso.

  4. O próximo critério de desempate então seria a campanha de Bills e Ravens contra adversários em comum, ou seja, equipes que ambos haviam enfrentado. Foram cinco jogos contra quatro oponentes em comum e mais uma vez eles empataram, tendo feito uma campanha 4-1 nesses jogos.Bills perdeu do Bengals e ganhou de Dolphins (2 vezes), Raiders e Colts.

    Ravens também perdeu uma para o Bengals, mas ganhou o outro confronto entre os rivais, além de também ganhar do Dolphins, do Raiders e do Colts


  5. O próximo passo então seria medir a “força das vitórias” (strength of victory) dessas equipes. Esse critério consistia em medir a quantidade de vitórias dos adversários vencidos por Bills e Ravens. E foi aqui que o Bills finalmente conseguiu conquistar a 6ª vaga nos Playoffs da AFC.

    Bills venceu Jets (5-11), Broncos (5-11), Falcons (10-6), Buccaneers (5-11), Raiders (6-10), Chiefs (10-6), Colts (4-12), Dolphins (6-10) e Dolphins (6-10).

    Já o Ravens venceu Bengals (7-9), Browns (0-16), Raiders (6-10), Dolphins (6-10), Packers (7-9), Texans (4-12), Lions (9-7), Browns (0-16) e Colts (4-12).

    Os adversários derrotados pelo Bills tiveram um total de 57 vitórias, enquanto os adversários do Ravens tiveram 43 vitórias agregadas.


Esse critério de desempate raramente é necessário para decidir uma vaga nos Playoffs, a última vez havia sido em 2010 quando o Green Bay Packers eliminou o New York Giants dos Playoffs pela “força das vitórias”. E como nos Playoffs tudo pode acontecer, o Packers de 2010 fez bom proveito desses critérios de desempate e acabou conquistando o Super Bowl.

Ninguém em sã consciência apostaria seu rico dinheirinho no Titans ou no Bills repetindo o feito do Packers nessa pós-temporada. Mas… para sonhar basta estar vivo, certo?!

 

 

Compartilhe

Leave A Reply