quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Compartilhe

Quando o New York Jets anunciou a contratação de Teddy Bridgewater ainda no inicio da Free agency, existia uma forte possibilidade do QB se tornar o titular da equipe na semana 1 da temporada 2018. No entanto, após uma troca com o Indianapolis Colts, o Jets subiu da #6 para a #3 escolha geral do Draft e acabou selecionando mais um Quarterback pra equipe, Sam Darnold. Desta forma, com dois nomes jovens no elenco e apenas uma vaga em disputa, além do veteraníssimo Josh McCown, o futuro deles dependiam de suas atuações na pré temporada. Com ambos jogando de forma bastante sólida, Sam Darnold venceu a batalha e Teddy Bridgewater acabou sendo trocado para o New Orleans Saints por uma escolha de terceira rodada.

Leia textos exclusivos a cada semana sobre todos os times da NFL. Seja um assinante L32

Teddy tem apenas 26 anos e um ano de contrato no valor de 6 milhões. Após a troca, o Jets fica com um dinheiro morto de 500 mil dólares em seu teto salarial, mas com uma escolha “recuperada” no próximo recrutamento, porque, vale lembrar, a equipe não terá sua escolha de segunda rodada pela troca com o Indianapolis Colts, ficando assim, em boas condições novamente. Chegando em New Orleans, Teddy será o novo príncipe herdeiro da equipe, ficando logo atrás de Drew Brees e sendo um excelente reserva. Brees tem mais dois anos de contrato após sua última renovação nessa free agency e deve se aposentar no final do vinculo, dando o espaço que Bridgewater precisa.

Leia mais: Revista Guia da NFL 2018 já está disponível!

Leia também: O novo contrato de Odell Beckham Jr é justo?

O produto de Louisville agora se encontra em uma situação peculiar. Com potencial para ser novamente um titular na Liga, Bridgewater não terá espaço nesse ano, salvo uma lesão de Brees. Contando que tudo corra bem com o titular, Teddy perderá um pouco em seu poder de barganha. Isso porque o QB só assinou por um ano e não entrará em campo para mostrar que está recuperado de lesão e poder mostrar novamente seu bom futebol, fazendo com que o dinheiro que ele poderia maximizar na próxima Free Agency diminua. Fica ainda o questionamento sobre a possibilidade ou não dele chegar novamente ao mercado aberto, visto que o Saints pode não querer pagar o valor que ele ache ser merecedor e termine buscando uma nova franquia.

De forma geral, o acordo foi excelente para Jets e Saints. Enquanto o time de Nova York viu sua escolha de Draft desenvolver seu jogo e aplicar um bom nível durante a pré-temporada, o gabaritando para se tornar titular, ainda conseguiu reduzir seus custos da troca feitos há poucos meses atrás. O preço de 3 segundas rodadas, duas esse ano e uma ano que vem, acabou sendo compensado em 2019, quando apenas cairá da segunda para a terceira rodada. Assinou por um valor irrisório com um QB de potencial na Free Agency, e maximizou esse valor, pagando indiretamente 500 mil dólares por essa escolha. Enquanto isso, o Saints que já tinha decretado o modo tudo ou nada, ainda aumentou sua aposta. Contratou talvez o melhor reserva da Liga para dar suporte a Drew Brees e ainda fica com a possibilidade de ter encontrado o futuro da posição para a equipe. Pagando muito pouco em contrato nessa temporada para Bridgewater, ainda terão em suas mãos o controle do destino do QB em 2019.

No entanto, o ex jogador de Jets e Vikings, por tudo que foi dito, pode sair com um pequeno déficit em seus ganhos. Perde a possibilidade de maximizar seu contrato na Liga e provar estar recuperado. Por outro lado, também se encontra em uma situação segura, onde terá o interesse não só do Saints, mas de tantas outras equipes que precisarão de QB na próxima temporada e poderão recorrer ao seu talento. Teddy Bridgewater se consolida hoje como top 3 melhores Quarterbacks reservas da NFL, resta saber quanto tempo isso vai durar.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Leave A Reply