sábado, 19 de setembro de 2015

Compartilhe

the fumble - L32

Os pré-candidatos à presidência dos Estados Unidos estão on fire em suas campanhas, fazendo de tudo ou quase tuto (LEI DE GIL ALERT) para terem chances de comandar o País mais importante do mundo. Inclusive nesta semana, o quarterback Tom Brady, marido… (acharam mesmo que eu ia usar esse termo), declarou apoio ao amigo Donald Trump, um dos com correntes mais controversos na disputa, e causou polêmica.

Mas como seria se as personalidades ligadas à NFL se candidatassem? Quais seriam as suas propostas? Seu plano de campanha? Bem-vindos às ELEIÇÕES NFL!

Tom Brady: Mais benefícios às babás; destruição gratuita de celulares; defesa jurídica nos tribunais.

Peyton Manning: Regulamentação da fabricação de capacetes em tamanhos maiores; aumentar facilidades de crédito para os produtores rurais que tenham em suas propriedades milho para pipoca; tornar Omaha capital nacional.

Marshawn Lynch: Isenção de impostos para as fábricas de balinhas de chocolate; criação do Dia Nacional da Besta; criar lei que veta passes na linha de uma jarda.

Rômulo Mendonça: Criação do Dia Nacional do Caos; trocar o hino nacional para a música Ragatanga; nomear Paulo Mancha como vice-presidente; implantar o projeto Meus Nudes, Minha Vida.

Roger Goodell: Declarar a ditadura americana assim que assumir; extinguir todos os cargos políticos, tendo poder absoluto sobre o país; anular todo o texto da constituição e substituir pela frase GOODELL IS GOD.

Chip Kelly: Trocar as pessoas que trabalham no governo; trocar a Casa Branca pela Casa Rosada na Argentina, chamar alguém muito popular para trabalhar no governo, dar esperanças que esse alguém ficará, mas depois cortá-lo; convidar o reitor de Oregon para ser chefe de estado.

Johnny Manziel: Sua proposta é: SEGUNDA-FEIRA É-FESTA, TERÇA NINGUÉM TRABALHA, DE QUARTA A DOMINGO É DIA DE BALADA!

Rob Gronkowski: Antes de tudo resolveu fazer uma festa cheia de mulheres para escolher sua primeira-dama.

Russell Wilson: Promete lutar por melhores salários… Principalmente o seu.

Colin Kaepernick: Zerar os impostos para tatuagens; promete correr dos problemas; dificultar a aposentadoria de jogadores

Vince Wilfork: Elaborar o programa Fome Zero; reduzir os preços dos alimentos; programa Bom Prato.

Cairo Santos: Facilitar a entrada de brasileiros nos EUA; programa Field Goal sem Fronteiras.

Eli Manning: Projeto de segurança nacional para interceptar ataques de países inimigos.

Tony Romo: Desistiu da candidatura, pois sabia que por mais que fizesse sempre seria questionada e teria sua capacidade colocada em dúvida, mesmo com os números mostrando sua qualidade.

Jason Pierre-Paul: Leis mais duras para o comércio e manuseio de fogos de artificio.

Jamaal Charles: Não é bom candidato pois não seguraria a economia do país e deixaria cair em algum momento importante.

Antonio Cromartie: Criaria abrigos para crianças (sendo que 80% da ocupação seria com seus filhos).

Robert Griffin III: Promete melhorias na saúde pública, com mais ortopedistas.

Bill Belichick: Fortalecer o FBI com detetives super preparados para espionar os inimigos e se preparar para possíveis guerras no futuro.

Jay Cutler: Desistiu quando, após uma pesquisa, sua popularidade estava menor do que a do Donald Trump.

Jimmy Garopollo: Não prometeu nada, mas entre o público feminino a intenção de voto para ele é 99.90%.

Sam Bradford: Estava indo até bem, mas na última pergunta do último debate fez besteira e estragou tudo.

Richard Sherman: Em sua campanha ele disse: EU SOU MELHOR CANDIDATO MAN! EU SOU MELHOR QUE TODOS! NINGUÉM PODE GANHAR DE MIM.

Owamagbe Odighizuwa: Era um bom candidato, apresentou boas propostas, mas tinha 0% de intenção de voto porque ninguém conseguia falar seu nome.

Everaldo Marques: Entre as suas propostas está a publicação das transmissões dos jogos em Diário Oficial; distribuição gratuita de remédios contra o sono; estampar a frase DORMIR É PARA OS FRACOS na bandeira nacional.

Carrie Underwood: Não tem nenhuma proposta. Não pretende ser candidata, mas já tem o meu voto.


AS MÚSICAS DA NFL

Grandes sucessos musicais do Brasil foram inspirados na NFL? Duvida? Então lá vai:

Bruno e Marrone gravaram a música:

Vou te OMAHA na minha cama

Só vai fazer TD comigo

Eu te quero e preciso

Só junto de você meu DRIVE faz sentido.

Outro grande sucesso é de Rio Negro e Solimões, que aliás foi lembrado por um seguidor do Cantadas NFL de nome Rafael:

Os COWBOYS vão te pegar

Os COWBOYS vão te pegar

Pra te deixar maluca!

A musa Anitta também prestou sua homenagem:

Solta o som, que é pra me ver LANÇANDO

Até você vai ficar CHUTANDO

Para o baile pra me ver PASSANDO

Chama atenção à toa

Perde a linha, fica ILOKA


“O que é que é ?” da NFL

Essa é pra você brincar com seus amigos.

– Qual time da NFL tem um programa de culinária em sua homenagem?

R: Kansas City MasterChiefs

– Meu esporte hípico preferido é o adestramento e o do Garo?

R: Polo.

– Qual jogador da NFL sempre fica engraçado em fotos?

R: Peyton MEME

E assim encerra-se a coluna THE FUMBLE  dessa semana. Até sábado que vem!

Compartilhe

Comments are closed.