terça-feira, 22 de agosto de 2017

Compartilhe


 

A pré-temporada é, sem dúvidas, um dos momentos mais icônicos da NFL. Ela, ao mesmo tempo, pode significar tudo e nada. Ao mesmo tempo em que resultados pouco importam para o desempenho em que cada time terá na temporada regular — jamais se esqueça do 16-0 Patriots de 2007 que terminou a pré-temporada daquele ano 0-4 e o 0-16 Lions de 2008 que terminou a pré-temporada invicto –, jogadores reservas estão quase que literalmente se matando para ter uma oportunidade de buscar seu espaço na liga.

Para eles, a temporada regular já começou.

A partir de atuações individuais de jogadores nessa pré-temporada, já podemos avaliar os jogadores que já entram em 2017 com uma leve vantagem e também outros que entram em desvantagem. Entre uma extensa lista de nomes, separamos quatro de cada que julgamos mais importantes. Vamos à eles.

 

VENCEDORES

 

WR Kenny Golladay – Detroit Lions

Se você não é torcedor de Detroit, a chance de você conhecer o Golladay são mínimas, eu diria. Especulado para ser selecionado no meio para o fim do Draft, Golladay acabou saindo na terceira rodada para o Lions e vem surpreendendo a todos desde então. Com boas atuações nos treinos da pré-temporada e também nos jogos, Golladay começa a se tornar uma opção interessante para o ataque do Lions, que pode fazer um bom trio com Golden Tate e Marvin Jones.

 

LB Jaylon Smith – Dallas Cowboys

Um ano e sete meses atrás, Jaylon Smith passava por uma cirurgia para reparar todos os ligamentos de seu joelho que foram rompidos em seu último jogo no futebol americano universitário. Além dessa grave lesão, um dano no nervo poderia fazer com que ele nunca mais pudesse jogar futebol americano por toda a sua vida. Por mais que, até o momento, Jaylon Smith só tenha jogado uma dúzia de snaps na pré-temporada e tenha conseguido um tackle apenas, o simples fato de ele estar em campo novamente já faz do jogador não só um vencedor na NFL, mas na vida.

 

QB Trevor Siemian- Denver Broncos

Ao ser anunciado como quarterback titular em 2016, muitos achavam que era apenas um blefe ou uma jogada para dar experiência a recém escolha de primeira rodada Paxton Lynch. Siemian não só conseguiu jogar bem o suficiente para garantir o status de titular por toda a temporada passada, como também venceu a disputa pela posição nessa offseason, mesmo sendo muito menos badalado que Lynch.

 

RB Alvin Kamara – New Orleans Saints

Quando seu time já tem um running back titular e contrata o melhor da posição na última década na free agency, é normal achar que um calouro selecionado na terceira rodada não vai ter muito espaço no time, correto? Nesse caso, errado. Alvin Kamara vem mostrando na pré-temporada que mesmo com a concorrência de Mark Ingram e Adrian Peterson, não será nenhum problema para o time de New Orleans caso ele seja acionado nesse ataque. Muito ao contrário, para falar a verdade.

 

PERDEDORES

 

QB Blake Bortles – Jacksonville Jaguars

Não poderiamos começar a lista dos perdedores sem falar do Bortles. Depois de ter passado algumas temporadas fazendo a torcida acreditar que ele era mesmo o QB que o time precisava, Bortles parece ter regredido, se tornando uma máquina de turnovers desde então. A situação ficou tão ruim para Bortles que surgiram rumores que os jogadores do time estariam fazendo uma campanha querendo o reserva, Chad Henne, como o titular da equipe. Depois do segundo jogo da equipe na pré-temporada, o técnico Doug Marrone declarou que Bortles e Henne passariam a brigar pela titularidade no restante da preseason. Que fase, Bortles…

 

K Roberto Aguayo – Tampa Bay Buccaneers / Chicago Bears

Ele foi o kicker mais preciso da história do futebol americano universitário e hoje é tratado como uma enorme decepção na NFL. Aguayo foi selecionado na segunda rodada do Draft de 2016 pelo Tampa Bay Buccaneers e não correspondeu em nenhum momento as expectativas que foram depositadas no jogador. Depois de errar mais alguns chutes na pré-temporada, Aguayo foi cortado pelo Bucs e logo foi contratado pelo Chicago Bears. Sabem o que aconteceu no primeiro chute de Aguayo jogando por Chicago? Sim, ele errou.

 

RB Latavius Murray – Minnesota Vikings

Depois do Vikings abrir mão de Adrian Peterson, Latavius Murray foi a solução encontrada pela equipe para resolver o ataque terrestre do time para 2017. Porém, o Draft acabou colocando o RB Dalvin Cook no colo de Minnesota, que não só o selecionou, como agora pode colocá-lo como running back número 1 diante da sua enorme capacidade. Murray, até então titular no Oakland Raiders, pode vir a ser mero reserva em 2017.

 

QB Colin Kaepernick – Sem time

Aqui a decisão acaba não tendo relação com o desempenho em campo. Ao menos não exclusivamente. Ao optar sair do contrato com o San Francisco 49ers, Kaepernick jamais imaginaria que veria tantos QBs abaixo de seu nível técnico sendo contratados e jogando e ele sem emprego. Independente do motivo que faça com que Kaep não esteja na NFL no momento, seja a pedida salarial, seu rendimento nas últimas temporadas ou suas declarações e atitudes fora de campo, é possível dizer que ele é um dos perdedores da NFL nessa offseason.

 


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.