quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Compartilhe

Um dos Quarterbacks mais perigosos da NFL, Lamar Jackson é conhecido por usar suas pernas para colocar as defesas em perigo. Porém, apesar dessa vantagem inerente ao jogador, Jackson sugeriu ao técnico John Harbaugh que gostaria de correr com menos frequência. Na ocasião, foi difícil de acreditar que o dono das pernas mais ameaçadoras do futebol americano havia feito o pedido.

Em entrevista para a ESPN, o jogador disse que, na verdade, detesta correr. “Eu odeio correr”, disse. “Só se for preciso, mas meu trabalho é levar a bola para os recebedores. Se eu tiver que correr, vou correr, mas prefiro apenas esperar e passar a bola. Eu gosto de passar para touchdowns,  ao invés de executá-los”. Até o momento, Jackson tem uma média de 33 passes e nove corridas por jogo.

Jackson já deixou claro é que capaz de se garantir nos passes, mostrando avanços significativos em sua precisão durante as jogadas. No entanto, a evolução em seus passes não significa que ele quer parar de correr completamente. “Eu só tive a opção de correr, não havia ninguém aberto”, disse o jogador quando perguntado sobre o seu TD na semana 3 contra o Kansas City Chiefs. “Sou do tipo um contra um. Eu gosto das chances que tenho sobre qualquer um nos duelos individuais.”

Pernas para que te quero

O jogador do Baltimore Ravens começou a carreira atuando no futebol universitário em Louisville e foi selecionado na 32ª posição geral do Draft da NFL em 2018.  Jackson já ganhou o Heisman Trophy, o Maxwell Award e o Walter Camp Award. O jogador é conhecido por suas jogadas individuais assustadoras, sendo um atleta muito bem cotado em sites de aposta do Brasil. Onde quer que ele esteja, as cifras apenas sobem.

Ao longo da temporada, Jackson obteve a 4ª maior média por tentativa na NFL (8,6), o 5ª maior Rating (113,9) e lançou 11 TDs. Caso se mantenha como um passador eficiente, suas pernas podem continuar sendo um trunfo. O Running Back Mark Ingram falou sobre o jogador. “Ele é selvagem, cara. Ele é incrível. Eu não acho que exista alguém como ele na liga. Ele é especial e pode prolongar as jogadas e ganhar tempo, ou então decolar e correr no último segundo. Ele sacode todo mundo, gira e faz as pessoas caírem”, afirmou o companheiro de time.

Destaque na temporada

Jackson está a caminho de correr 917 jardas, o que representaria a 4ª maior marca percorrida por um quarterback na história. Quando opta por correr, muitas vezes é capaz de criar boas jogadas com sua habilidade de evitar, enganar e superar os defensores. As evolução dramática do jogador como passador é um dos destaques desta temporada. Na estreia, o jovem de apenas 22 anos se tornou o jogador mais jovem a registrar um Rating considerado perfeito.

Agora que os passes de Jackson encaixaram, ele não precisa mais confiar tanto assim em suas pernas. Ainda assim, o coordenador ofensivo Greg Roman certamente não irá se opor a vantagem que a velocidade do QB oferece. O que pode mudar é o número de corridas previsto para a temporada, que deve diminuir.

Compartilhe

Comments are closed.