quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Compartilhe

Chegamos na semana mais decisiva da NFL. No próximo domingo, 3 de fevereiro, a partir das 21h30, horário de Brasília, New England Patriots e Los Angeles Rams definirão no Mercedes-Benz Superdome, em Atlanta, o Super Bowl LIII. Como estamos fazendo nos últimos dias, trazemos para você, neste texto, mais opções de investimentos nas casas de apostas. O assunto de hoje são os Patriots, do quarterback Tom Brady e do técnico Bill Belichick. Veja aqui os melhores odds da NFL para esta franquia, e  o porquê ela pode ser campeã.

Favoritismo

Antes da decisão final da Conferência Americana, contra o Kansas City Chiefs, fora de casa, no Arrowhead Stadium, há duas semanas, a equipe de Boston era vista como zebra, afinal duelava contra a sensação da temporada, Patrick Mahomes. Quem achou que Brady e companhia iriam se assustar com isto, ficou enganado. Quem não, lucrou R$ 2,50 a cada R$ 1,00 investido, de acordo com os números divulgados pelo Oddsshark.com. Na ocasião, a partida foi decidida na prorrogação, com o placar de 37 a 31.

Para agora, no fim de semana, a situação é diferente, falando em termos de apostas. O New England vai entrar em campo como favorito, com a quantia de R$ 1,74, contra R$ 2,15 do Los Angeles Rams. Esta disparidade de valores tem explicação. Vamos lá!

Os Patriots, em três anos seguidos, chegaram ao Super Bowl, tendo vencido os Falcons em 2017, e perdido para os Eagles na edição seguinte. Se olharmos no retrospecto geral, veremos que são cinco os troféus Vince Lombardi (2017, 2015, 2005, 2004 e 2002) conquistados em 10 decisões disputadas. Ou seja, os caras estão mais do que acostumados com a pressão, meu amigo. Eles são sempre uma opção interessante e viável de investimentos.

Jogo aéreo

Nos dois jogos dos playoffs feitos em 2019, Brady mostrou a sua total calma para realizar as jogadas.  Contra Chargers e Chiefs, ele teve 64 passes completados, dos 90 tentados, conquistando 691 jardas, com um rating geral de 91.1. Sacks foram sofridos apenas 2, o que mostra que a linha ofensiva vem realizando um bom trabalho na pós-temporada. Será importante manter o alto nível de desempenho, já que pela frente terão uma defesa que promete mandar muitas blitz para infernizar o marido da Gisele Bündchen. Os Rams cederam aos adversários – Dallas Cowboys e New Orleans Saints – 500 jardas pelo alto. Uma boa opção de investimento é Brady completar mais de 26 passes, o que gera o retorno de R$ 1,80 para 1, e é extremamente possível de acontecer.

Já na outra parte das ofensivas aéreas, a recepção, o wide-receiver Phillip Dorsett não vem sendo o mais acionado nos playoffs, mas, sim, o mais efetivo, com 2 touchdowns. Em 5 lançamentos, ele conseguiu 70 jardas, com a média de 14 por recepção. Os jogadores mais conectados por Tom Brady têm sido o running back James White e o wide-receiver Julian Eldeman. O primeiro atleta conta com 19 recepções, e o segundo, com 16. Não podemos esquecer também do tight-end Rob Gronkowski, que pode se aposentar após o jogo. Gronk recebeu 7 bolas, avançando 104 jardas, com uma média de 17.9 por jogada. Por conta de seu porte físico, ele é sempre uma boa saída para o desafogo do ataque quando a situação aperta.

Jogo terrestre

Pelo chão, a chave da vitória são os RBs Sony Michel e Rex Burkhead. Michel vem sendo decisivo demais. Importantíssimo para o New England. Na final da AFC, ele correu para dentro da endzone em duas ocasiões, com 113 jardas em 13 carregadas, com a corrida mais longa tendo 40 jardas. Caso este atleta passe a marca de 77 jardas, esta possibilidade rentabilizará R$ 1,83 para 1.

Burkhead por sua vez, apesar de ser menos acionado, não tem deixado de ser efetivo. Somados os jogos com os Chargers e os Chiefs, ele anotou 3 TDs, com 53 jardas conquistadas em 16 corridas. A média foi de 3.3 jardas por snap. Geralmente, ele é usado para aquele tipo de jogada em que se precisa de pequenos avanços, mas com muita força física. Por conta do que falamos, a expectativa sobre ele, Burkhead, é menor em termos de jardas. Se passar das 20 jardas, o valor de rendimento é de R$ 1,83, assim como se este número não for superado, indica o Oddsshark.com.

Com estes dois RBs fazendo uma boa partida, como acompanhamos recentemente, faz com que Brady possa ficar sem tanta pressão no pocket para fazer as suas fake plays, sem deixar na cara que lançará a bola. Entendeu?

Defesa

A defesa dos Patriots durante a temporada regular não foi uma das mais vistosas, ficando na 21ª colocação do ranking de toda a NFL. Nos jogos eliminatórios, o desempenho claramente teve um crescimento, dando segurança a todo o resto do time. Os caras conseguiram em 2 partidas, 6 sacks, o que mostra que eles pressionam o QB rival. Os Rams, nos playoffs, permitiram 1 sack, enquanto que na temporada regular, em 17 compromissos, Jared Goff foi alcançado 33 vezes.

Segundo o Oddsshark.com, 4 sacks ou mais dos Pats, rendem R$ 1,66, enquanto que até 3 sacks dão um upgrade no valor para R$ 2,10. Outro ponto forte deste setor defensivo é o combate ao jogo terrestre, tendo cedido só 60 jardas na pós-temporada. Lembrando que Todd Gurley é um dos principais corredores da NFL na atualidade.

Dica

Para quem ainda não se sente seguro em fazer os seus investimentos por conta própria, os prognósticos da NFL te ajudam a encontrar o melhor caminho, não desperdiçando a sua grana. Os valores dos odds são gerados a partir de análises de algoritmos, com base nos confrontos anteriores, mostrando qual time tem mais chances de levar a melhor em campo. Os índices dos acertos são altos.

Confira os odds para o Super Bowl LII:

Domingo (3 de fevereiro)

21h30 – New England Patriots (R$ 1,74) x (R$ 2,15) Los Angeles Rams

Spread: (R$1,91) New England Patriots -2 x Los Angeles Rams +2 (R$1,91)

Over/Under: Mais de 58 pontos (R$1,91) e menos de 58 pontos (R$1,91)

 

 

Compartilhe

Comments are closed.