quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Compartilhe

No texto que foi ao ar na quarta-feira, dia 30, explicamos os principais pontos fortes do New England Patriots para faturar o Super Bowl LIII, no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta, no domingo, 3 de fevereiro. Hoje, 31 de janeiro, falaremos das virtudes do Los Angeles Rams, campeão da NFC. Veja aqui os melhores odds da NFL para esta franquia e por que ela pode ser campeã.

Vale lembrar que estas duas equipes já se encontraram na grande final, em 2002. Na ocasião, o time de Boston levou a melhor e venceu por 20 a 17.

Zebra, sim, com muito orgulho!

A franquia da Califórnia é sabidamente vista pelas casas de apostas como zebra para esta grande decisão do futebol americano. De acordo com os valores do Oddsshark.com, os Rams estão avaliados em R$ 2,15 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas casas de apostas, contra R$ 1,74 dos Patriots. Mas, olha, isso não é nenhum problema para o Los Angeles, não. Contra o New Orleans Saints, há duas semanas, pela decisão de conferência, o favoritismo era da equipe dourada e preta, e mesmo assim a vitória veio, na prorrogação, com o placar de 37 a 31. Outro ponto importante para se apegar é o Super Bowl passado, quando o Philadelphia Eagles desbancou Tom Brady e companhia. Quem não lembra do show que Nick Foles deu?

Jogo aéreo

Atacando pelo alto, Jared Goff, de 24 anos, em sua terceira temporada na NFL, mostrou na temporada regular que pode competir com Brady. Em 17 jogos, ele conseguiu com 32 touchdowns, completou 364 dos 561 passes tentados, com o total de 4.688 jardas conseguidas, além de 12 interceptações sofridas. Já nos playoffs, em dois jogos, contra Cowboys e Saints, apesar de somente 1 TD feito, 40 lançamentos, dos 68 feitos, foram conectados com sucesso. Agora, será preciso que a linha ofensiva continue sendo sólida. Ela cedeu somente 1 sack até agora na pós-temporada.

Jared Goff teve, na decisão da NFC, 297 jardas. Para o fim de semana, caso ele ultrapasse a marca de 282 jardas, o retorno que irá proporcionar é de R$ 1,83.

Já na recepção, nos playoffs, os jogadores do Los Angeles não contam com grandes números em termos de TDs, porém Robert Woods e Brandin Cooks mostraram anteriormente que possuem qualidade. O primeiro atleta teve 6 touchdowns, e o segundo, 5. Não podemos deixar de falar também que o running back Todd Gurley é usado para receber passe, e não só correr. Gurley recebeu 4 bolas dentro da endzone. Sobre as suas corridas, falaremos a seguir.

Woods, com 12 recepções conquistou 102 jardas, dando uma média de 8.5 por jogada, enquanto Cooks, em 11 bolas recebidas, produziu 172 jardas, com 15.6 por snap. Em termos de apostas, se estes atletas tiverem 6 ou mais recepções, as cotas vão ser de R$ 1,72 e R$ 2,20, respectivamente. Caso contrário, os valores serão de R$ 2,00 e R$ 1,61.

Jogo terrestre

É por aqui, pelo chão, que ofensivamente está a principal arma dos Rams. Com a corrida encaixada, Jared Goff vai ter a sua vida facilitada, não precisando forçar o braço a todo momento, evitando downs com muitas jardas para percorrer, além de fazer o relógio correr e deixar o QB adversário fora de campo por mais tempo. Entendeu? Todd Gurley, candidato a MVP do Super Bowl, teve 17 TDs na temporada regular, e anotou 3 nos playoffs, além de 125 jardas avançadas em 20 bolas carregadas. Contra os Saints, ele conquistou 10 jardas em 4 snaps, com a média de 6.3 por jogada. Realmente estes números mais recentes foram decepcionantes, no entanto, é importante ter noção de que Gurley é o tipo de jogador que tem totais condições fazer uma partidaça. Se conseguir 65 jardas ou mais, o RB gera R$ 1,83, assim como se produzir menos que 64 jardas.

Outro atleta importante para o jogo terrestre é C.J Anderson. Este corredor, também tem se apresentado em alto nível. Em 39 snaps, ele avançou 167 jardas, dando uma média de 4.3 por corrida, com 2 TDs, todos conseguidos contra os Cowboys no Divisional Round. Mais de 41 jardas pagam R$ 1,83, igual a possibilidade de Anderson não conseguir bater a marca de 40 ou menos jardas.

Defesa

A principal chave para o sucesso do Los Angeles bater o New England é sem dúvida alguma parar Tom Brady. Tarefa dificílima, mas não impossível. Como fazer isto? O jeito é pressionar sempre o QB rival, que é estático, não costuma sair do pocket com tanta eficiência. Para isso, os californianos contam com atletas bem agressivos e talentosos. Aaron Donald e Ndamukong Suh são as principais armas defensivas. Donald chegou a marca de 20.5 sacks na temporada regular. Com isso, ele se tornou o recordista de toda a história da liga na posição de defensive tackle. Outros nomes importantes desta defesa são Cory Littleton, Mark Barron e John Johnson.

Ainda de acordo com o Oddsshark.com, mais de 4 sacks conseguidos pelos Rams propiciam o retorno de R$ 2,10 para 1. Agora, se não tivermos até 3 sacks, a quantia cai para R$ 1,66.

Dica

Para quem ainda não se sente seguro em fazer os seus investimentos por conta própria, os prognósticos da NFL te ajudam a encontrar o melhor caminho, não desperdiçando a sua grana. Os valores dos odds são gerados a partir de análises de algoritmos, com base nos confrontos anteriores, mostrando qual time tem mais chances de levar a melhor em campo. Os índices de acertos são altos.

Confira os odds para o Super Bowl LII:

Domingo (3 de fevereiro)

21h30 – New England Patriots (R$ 1,74) x (R$ 2,15) Los Angeles Rams

Spread: (R$ 1,91) New England Patriots -2 x Los Angeles Rams +2 (R$ 1,91)

Over/Under: Mais de 58 pontos (R$ 1,91) e menos de 58 pontos (R$ 1,91)

*Texto produzido pela equipe do site Oddsshark.

 

Compartilhe

Comments are closed.