sábado, 17 de setembro de 2016

Compartilhe

Com a segunda semana deixada para trás, rapidamente chegamos à terceira rodada do College Football. Diferente do último final de semana, dessa vez veremos vários confrontos entre times do Top 25, além de outras partidas que sempre prometem muitas emoções. Mas antes, vamos aos nossos resultados e observações da week 2.

 

Principais Resultados e observações da Semana 2

Sexta (09/09)

Syracuse 28 x 62 Louisville

Outra rodada e mais um show do QB Lamar Jackson e dessa vez a vítima foi Syracuse em seu próprio estádio. Foram 5 TDs (1 de passe e 4 corridos) e 610 jardas totais (411 em passes e 199 terrestres). Os números por si só já impressionam, mas lances como esse são ainda mais chocantes.

Sábado (10/09)

Pittsburgh 42 x 39 Penn State

A rivalidade do estado da Pennsylvania voltou com tudo após um hiato que durava desde 2000. Pitt foi superior durante todo o jogo, mas quase levou a virada no último quarto após Penn State encostar no placar. Destaques para os running backs titulares dos dois times, James Conner (Pitt) e Saquon Barkley (Penn St).

#22 Oklahoma St 27 x 30 Central Michigan

A partida entre Cowboys e Chippewas teve de tudo um pouco. Muitos pontos, viradas e um bizarro erro da arbitragem que culminou na vitória dos azarões de Central Michigan. Faltando poucos segundos para o fim do jogo, o QB Mason Rudolph cometeu um intentional grounding em uma quarta descida e o cronômetro zerou. Os juízes não encerraram a partida porque, de acordo com as regras da NCAA, o jogo não pode acabar com uma falta. Contudo, esqueceram de uma exceção importante: se a falta também resultar em uma perda automática de descida além de jardas (como é o caso do intentional grounding), quando o juiz encerrar a partida, o relógio não volta mais e a partida chega ao fim. O problema é que isso não aconteceu e a bola voltou para Chippewas. O Resultado você confere no vídeo a seguir:

https://www.youtube.com/watch?v=xGfBnJ8cbus

#9 Georgia 26 x 24 Nicholls

Por muito pouco o Bulldogs não sofreu uma zebra jogando contra um oponente da FCS. Após entrar no último quarto perdendo por 26×14, Nicholls diminuiu a diferença para apenas dois pontos restando 3:42 de jogo. Graças a boas corridas de Nick Chubb, Georgia conseguiu gastar o relógio e sair com a vitória. Outro ponto importante do jogo foi a presença de dois jogadores conhecidos para quem acompanhou a série da Netflix, Last Chance U. Os DLs Ronald Ollie e Marcel Andry fizeram sua estreia por Nicholls e tiveram um bom desempenho.

https://twitter.com/Ril3yC/status/774727274788712448

#2 Clemson 30 x 24 Troy

Pela segunda semana consecutiva, Clemson jogou abaixo do esperado e se complicou mais do que deveria na partida. Contra um adversário muito inferior, o Tigers chegou a ir para o vestiário vencendo por apenas 13×10 e só voltou a marcar no último quarto. Troy ainda diminuiu a diferença para uma posse de bola restando 44 segundos para o fim da partida, mas o resultado ficou por isso mesmo. Sinal de alerta merece ser ligado para o Tigers.

  • #15 TCU 38 x 41 Arkansas
  • Arizona State 68 x 55 Texas Tech
  •  #17 Tennessee 45 x 24 Virginia Tech
  • #5 Michigan 51 x 14 UCF
  • #6 Houston 42 x 0 Lamar
  • #20 Texas A&M 67 x 0 Prairie View A&M
  • #3 FSU 52 x 8 Charleston Southern
  • #4 Ohio State 48 x 3 Tulsa
  • #10 Wisconsin 54 x 10 Akron
  • #18 Notre Dame 39 x 10 Nevada
  • Florida45 x 7 Kentucky
  • #1 Alabama 38 x 10 Western Kentucky
  • #23 Baylor 40 x 13 SMU
  • #19 Ole Miss 38 x 13 Wofford
  • #8 Washington 59 x 14 Idaho
  • #25 Miami 38 x 10 Florida Atlantic
  • #14 Oklahoma 59 x 17 Louisiana Monroe
  • #11 Texas 41 x 7 UTEP
  • Mississippi State 27 x 14 South Carolina
  • #16 Iowa 42 x 3 Iowa State
  • Utah 20 x 19 BYU
  • #21 LSU 34 x 13 Jacksonville State
  • Washington State 28 x 31 Boise State
  • #24 Oregon 44 x 26 Virginia

 

De Olho no Draft

TE Jake Butt (Michigan)

A classe de Tight Ends do próximo draft promete ser recheada de talentos e Jake Butt é um deles. O senior do Wolverines fez uma das melhores partidas da carreira contra UCF no último final de semana. Foram 7 recepções, 86 jardas e 2 Touchdowns, já atingindo a marca da temporada passada de 3 TDs (também marcou 1 TD na semana 1). Butt continuou de onde parou na última temporada e se provou um alvo muito confiável para o QB Wilton Speight.

CB Tre’Davious White (LSU)

Se por um lado o ataque do Tigers não inspira otimismo, não se pode falar o mesmo da defesa e White é um dos responsáveis por isso.. Após brilhar na derrota para Wisconsin, teve outro ótimo jogo contra Jacksonville State na última rodada. Nessa temporada, foram 10 bolas lançadas na direção do recebedor marcado por ele, onde apenas 4 se tornaram recepções para 30 jardas, 1 passe foi desviado e outro se transformou em interceptação. Se continuar nesse ritmo, White se estabelecerá como um dos Top CBs da próxima classe.

DE Ejuan Price (Pitt)

Citado como um dos jogadores para se observar durante o confronto entre Pitt x Penn St, Ejuan Price não decepcionou. O defensor deu pesadelos a linha ofensiva do Nittany Lions durante todo o jogo e foi uma das peças fundamentais na vitória do Panthers sobre o rival estadual. Foram 2 tackles para perda de jardas, 1.0 sack, 3 pressões no QB e dois fumbles forçados, ambos no quarterback adversário.

 

Melhores Momentos da 2ª rodada

Melhores Jogos da Rodada (Semana 3)

Sábado (17/09)

#10 Louisville Cardinals x  #2 Florida State Seminoles – 13:00 (WatchESPN)

A pergunta que não quer calar: será que a defesa de FSU conseguirá “frear” um dos ataques mais dinâmicos do College? Por si só, a tarefa está longe de ser fácil, mas, para piorar a situação, o Seminoles não contará com seu principal jogador para o confronto. Na vitória contra Charleston Southern, o S Derwin James rompeu a cartilagem do joelho esquerdo e ficará de fora por algumas semanas. Com a ausência do defensor, o time terá mais dificuldade ainda para segurar um dos fortes candidatos aos Heisman, o QB Lamar Jackson.

Sob o comnado do signal-caller, o Cardinals não tomou conhecimento de seus primeiros rivais e dominou ambos os duelos principalmente pela capacidade do setor ofensivo em criar jogadas longas. Por outro lado, nenhuma defesa das cinco principais conferências da FBS cedeu mais jogadas de 20 ou mais jardas do que FSU.

Caso a defesa segure o ataque do Cardinals, o Seminoles espera que o RB Dalvin Cook, outro concorrente ao Heisman, marque pontos em uma defesa que praticamente ainda não foi testada nessa temporada. O running back mostrou toda sua versatilidade nas duas primeiras rodadas, acumulando 192 jardas totais contra Ole Miss e 83 jardas, além de dois TDs, jogando pouco mais de dois quartos contra Charleston Southern. Um desempenho do QB Deondre Francois, que vem fazendo um ótimo início de temporada, também será crucial para o triunfo de FSU.

 

Jogadores para se observar:

  • #12 QB Deondre Francois (FSU)
  • #4 RB Dalvin Cook (FSU)
  • #15 WR Travis Rudolph (FSU)
  • #77 OT Roderick Johnson (FSU)
  • #44 DE DeMarcus Walker (FSU)
  • #91 DT Derrick Nnadi (FSU)
  • #15 CB Tarvarus McFadden (FSU)
  • #27 CB Marquez White (FSU)
  • #8 QB Lamar Jackson (LOU)
  • #23 RB Brandon Radcliff (LOU)
  • #17 WR James Quick (LOU)
  • #97 DT DeAngelo Brown (LOU)
  • #92 OLB Devonte Fields (LOU)
  • #55 ILB Keith Kelsey (LOU)
  • #25 DB Josh Harvey-Clemons

 

#19 Ole Miss Rebels x #1 Alabama Crimson Tide – 16:30

Por dois anos o Rebels tem sido a pedra no sapato de Nick Saban. Nos dois últimos confrontos contra a equipe do Mississipi, Alabama saiu derrotada, inclusive jogando em Tuscaloosa no ano passado. Dessa vez, o confronto será na casa de Ole Miss, que fará de tudo para manter a boa sequência contra o rival de conferência. Contudo, vale lembrar que as duas equipes mudaram bastante desde o último ano, mas ainda assim contam com o retorno de jogadores chaves e o surgimento de substitutos.

E foi dentre essas novas opções que Nick Saban achou o seu novo quarterback. Após começar como reserva, o QB calouro Jalen Hurts agradou nos dois primeiros jogos e assumiu a titularidade. Para completar, Crimson Tide possui ótimas ferramentas para dar suporte ao seu jovem e inexperiente quarterback: Uma linha ofensiva muito boa, um sólido grupo de running backs e ótimos recebedores. Para combater esse ataque, o Rebels espera que o DE Marquis Haynes continue causando pesadelos aos QBs adversários.

Do lado defensivo, Bama perdeu muitos titulares, mas o retorno de algumas peças chaves e o surgimento de outras proporcionaram a manutenção da dominante defesa do time. Contudo, QB Chad Kelly (OM) arquitetou a única derrota do time eventual campeão da temporada 2015/16 e tentará repetir o feito novamente no próximo encontro. O duelo nas trincheiras será fundamental, já que a linha de Ole Miss precisará fazer um excepcional trabalho contra a fortíssima DL de Crimson Tide. Um ótimo jogo do TE Evan Engram será fundamental para o ataque do Rebels conseguir conquistar avanços cruciais nesse confronto.

Jogadores para se observar:

  • #10 QB Chad Kelly (OM)
  • #8 WR Quincy Adeboyejo (OM)
  • #3 WR Damore’ea Stringfellow (OM)
  • #17 TE Evan Engram (OM)
  • #10 DE Marquis Haynes (OM)
  • #93 DT D.J. Jones (OM)
  • #12 DB Tony Conner (OM)
  • #2 QB  Jalen Hurts (ALA)
  • #34 RB Damien Harris (ALA)
  • #3 WR Calvin Ridley (ALA)
  • #13WR ArDarius Stewart (ALA)
  • #88 TE O.J. Howard (ALA)
  • #74 OT Cam Robinson (ALA)
  • #93 DE Jonathan Allen (ALA)
  • #56 OLB Tim Williams (ALA)
  • #22 OLB Ryan Anderson (ALA)
  • #10 ILB Reuben Foster (ALA)
  • #29 CB Minkah Fiztpatrick (ALA)
  • #26 CB Marlon Humphrey (ALA)
  • #4 SS Eddie Jackson (ALA)

 

#18 Notre Dame Fighting Irish x  #12 Michigan State – 20:30 (WatchESPN)

Notre Dame e Michigan State se encontram em um promissor jogo que reunirá duas equipes que vem de resultados positivos. Enquanto o Spartans jogou apenas uma vez este ano (vitória contra Furman na primeira rodada), o Irish conquistou uma convincente vitória contra Nevada após ter perdido para o Longhorns na estreia. Ambos os times chegam com algo a provar nesse jogo, com Notre Dame buscando a recuperação contra um forte oponente e Michigan State enfrentando o seu primeiro confronto difícil da temporada.

O ataque do Irish será liderado por DeShone Kizer, que vem chamando bastante atenção após jogar em alto nível nas duas primeiras semanas, inclusive na derrota para Texas. O quarterback está no comando de um ataque que tem se mostrado muito balanceado e explosivo. Irish possui mais de 200 jardas por jogo tanto no jogo terrestre como no jogo aéreo. Enfrentando um setor ofensivo assim, será crucial uma boa partida do DT Malik McDowell (MSU). O defensor é um dos melhores do país e pode se aproveitar do miolo inexperiente da linha ofensiva de Irish.

No lado ofensivo, o HC Mark Dantonio (MSU) tentará se aproveitar de uma defesa que rendeu abaixo do esperado contra Texas na estreia. O pass rush de Irish tem deixado muito a desejar durante as duas primeiras semanas e não acumulou um único sack nessa temporada. Isso é boa notícia para o QB Tyler O’Connor, que foi bastante sólido na partida contra Furman. O maior desafio da defesa de Notre Dame será para o fortíssimo grupo de RBs do Spartans, liderado pelo ótimo L.J. Scott e completado por Madre London e Gerald Holmes.

Jogadores para se observar:

  • #7 QB Tyler O’Conner (MSU)
  • #3 RB L.J. Scott (MSU)
  • #88 WR Monty Madaris (MSU)
  • #82 TE Josiah Price (MSU)
  • #4 DT Malik McDowell (MSU)
  • #30 ILB Riley Bullough (MSU)
  • #7 DB Demetrious Cox (MSU)
  • #14 QB DeShone Kizer (ND)
  • #33 RB Josh Adams (ND)
  • #86 WR Equanimeous St. Brown (ND)
  • #80 TE Durham Smythe
  • #68 LT Mike McGlinchey (ND)
  • #94 DT Jarron Jones (ND)
  • #90 Isaac Rochell (ND)
  • #17 OLB James Onwualu (ND)
  • #36 Cole Luke (ND)

 

#14 Oklahoma Sooners x #3 Ohio State Buckeyes – 20:30

Bowling Green e Tulsa estão longe de serem grandes oponentes, mas o Buckeyes fez o seu dever e conquistou duas vitórias nas primeiras semanas da temporada. Mas agora, a história é completamente diferente. Urban Meyer e companhia viajarão para Oklahoma para enfrentar o Sooners. O time de Stoops tem um retrospecto fantástico em casa desde a chegada do técnico. São 97 vitórias contra apenas 8 derrotas jogando como mandante. Entretanto, o Buckeyes também vem de uma ótima sequência como visitante, tendo ganho os 18 últimos jogos em que atuou longe de sua torcida, atual recorde da FBS.

Após sofrer na week 1 contra o dual-threat QB de Houston, Greg Ward Jr., novamente a defesa do Sooners enfrentará um ótimo quarterback com características similares. J.T. Barrett pode castigar defesas tanto com as mãos como com as pernas, o que fica evidente no seu número de TDs. Foram 9 já este ano, sendo 6 em passes e 3 correndo com a bola. O problema para OSU, é que a defesa do Buckeyes também terá que lidar com um ótimo quarterback. Isso porque Baker Mayfield, responsável por 44 TDs na última temporada, também é um jogador muito dinâmico e que, apesar de ter perdido seu principal alvo da última temporada (Sterling Shepard), ainda possui bons recebedores e o suporte do jogo corrido liderado pelo ótimo RB Samaje Perine.

Defensivamente, a vantagem do Buckeyes é um pouco maior. Se antes havia incertezas com relação a enorme perda de jogadores na secundária, após duas partidas as dúvidas ainda não foram justificadas. Isso porque o setor foi bastante disciplinado nos dois primeiros jogos e capaz de criar vários turnovers, chegando até a marcar touchdowns defensivos. Já o Sooners demonstrou uma preocupante disposição em ceder jogadas longas e isso pode acabar custando caro em um jogo contra quarterbacks como J.T. Barrett.

Jogadores para se observar:

  • #6 QB Baker Mayfield (OK)
  • #32 RB Samaje Perine (OK)
  • #11 WR Dede Westbrook (OK)
  • #31 DE Ogbonnia Okoronkwo (OK)
  • #26 LB Jordan Evans (OK)
  • #7 CB Jordan Thomas (OK)
  • #13 F Ahmad Thomas (OK)
  • #16 QB J.T. Barrett (OSU)
  • #25 Mike Weber (OSU)
  • #65 C/G Pat Eflein (OSU)
  • #54 G Billy Price (OSU)
  • #5 WR Corey Smith (OSU)
  • #6 DE Sam Hubbard (OSU)
  • #59 DE Tyquan Lewis (OSU)
  • #5 ILB Raekwon McMillan (OSU)
  • #33 OLB Dante Booker (OSU)
  • #8 CB Gareon Conley (OSU)
  • #2 CB Marshon Lattimore (OSU)

 

Outros Jogos Importantes

 

Sábado (17/09)

  • #15 Tennessee x Ohio – 13:00 (WatchESPN)
  • TCU x Iowa State – 13:00
  • #5 Clemson x South Carolina State -13:00 (WatchESPN)
  • #13 Iowa x North Dakota State – 13:00 (WatchESPN)
  • #9 Wisconsin x Georgia State -13:00
  • #25 Miami x Appalachian State – 13:00 (WatchESPN)
  • Vanderbilt x Georgia Tech – 13:30 (WatchESPN)
  • #4 Michigan x Colorado – 16:30
  • Nebraska x #22 Oregon – 16:30 (WatchESPN)
  • Oklahoma State x Pittsburgh – 16:30 (WatchESPN)
  • Auburn x #17 Texas A&M – 20:00 (WatchESPN)
  • #20 LSU x Mississipi St – 20:00 (WatchESPN)
  • #24 Arkansas x Texas State – 20:30 (WatchESPN)
  • Missouri x #16 Georgia – 20:30 (WatchESPN)
  • #7 Stanford x USC – 21:00 (WatchESPN)
  • #8 Washington x Portland State – 21:00
  • BYU x UCLA – 23:15 (WatchESPN)
  • California x #11 Texas – 23:30 (WatchESPN)

 

Top 25 da Associated Press

 #1 Alabama Crimson Tide (2-0) (-)

 #2 Florida State Seminoles (2-0) (+1)

 #3 Ohio State Buckeyes (2-0) (+1)

#4 Michigan Wolverines (2-0) (+1)

 #5 Clemson Tigers (2-0) (-3)

 #6 Houston Cougars (2-0) (-)

#7 Stanford Cardinals (2-0) (-)

#8 Washington Huskies (2-0) (-)

 #9 Wisconsin Badgers (2-0) (+1)

#10 Louisville Cardinals (2-0) (+3)

#11 Texas Longhorns (2-0) (-)

 #12 Michigan State Spartans (1-0) (-)

 #13 Iowa Hawkeyes (2-0) (+3)

  #14 Oklahoma Sooners (1-1) (-)

#15 Tennessee Volunteers (2-0) (+2)

#16 Georgia Bulldogs (2-0) (-7)

Texas A&M #17 Texas A&M Aggies (2-0) (+3)

 #18 Notre Dame Fighting Irish (1-1) (-)

 #19 Ole Miss Rebels (1-1) (-)

 #20 LSU Tigers (1-1) (+1)

 #21 Baylor Bears (2-0) (+2)

#22 Oregon Ducks (2-0) (+2)

Florida#23 Florida Gators (2-0) (Não Ranqueado)

Arkansas#24 Arkansas Razorbacks (2-0) (Não Ranqueado)

Miami (FL)#25 Miami Hurricanes (2-0) (-)

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Compartilhe

Comments are closed.