quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Compartilhe

Quarta-feira é dia de conferir aqui no Rastreando Drafatdos os novatos que mais se destacaram na última semana na NFL, seja de modo positivo ou negativo, mas que de alguma forma impactaram dentro de campo para seus times. Vamos então aos novatos que fizeram barulho nessa rodada.

BRILHARAM

Ataque

RB Miles Sanders (PHI): 17 tentativas de corrida para 83 jardas; 5 recepções para 22 jardas e 1 TD.

53ª escolha geral (2ª rodada)

Numa das grandes surpresas dessa última semana, onde tivemos várias aliás, o Philadelphia Eagles acabou derrotado fora de casa pelo Miami Dolphins e segue forte na sua irregularidade, oscilando muito e sem conseguir ser aquele time consistente e de bom nível apresentado nos últimos anos. Mesmo assim, Miles Sanders foi uma das poucas boas notícias do time na partida, conseguindo produzir mais de 100 jardas de scrimmage e começando a mostrar que pode sim carregar o piano e ter o papel de liderança no backfield do time, já que tem sido utilizado muito mais como um complemento e RB recebedor, em detrimento de Jordan Howard. Como ainda não há uma posição sobre o retorno de Howard da lesão sofrida, Sanders segue no papel de liderar as ações terrestres do time e o bom jogo diante do Dolphins aumenta a confiança do jogador e do time no calouro, não apenas para o restante dessa, mas também para as próximas temporadas.

Leia Mais: Surpresa da NFL em 2019, o Buffalo Bills mostra a força de um bom jogo coletivo

Leia Também: Rastreando Draftados – A.J. Brown tem atuação de gala e se apresenta como solução para o jogo aéreo do Titans

RB Devin Singletary (BUF): 14 tentativas de corrida para 63 jardas; 3 recepções para 38 jardas e 1 TD.

74ª escolha geral (3ª rodada)

Devin Singletary foi parte fundamental na excelente vitória do Buffalo Bills na rodada de Thanksgiving, fora de casa, sobre o Dallas Cowboys. Além de liderar o backfield da equipe no número de carregadas e jardas terrestres, com boa média, o jogador ainda foi parte importante no jogo aéreo, terminando a partida como o segundo em jardas recebidas, tendo anotado belíssimo touchdown numa trick play do Bills, fazendo recepção de 28 jardas em passe lançado pelo WR John Brown. Após ter de lidar com uma lesão no início da temporada e começar exercendo um papel apenas secundário/complementar no backfield do Bills, o calouro conseguiu ganhar seu espaço e hoje já é o RB1 do time, tendo conseguido justamente nesse último jogo o seu maior número de porcentagem de snaps até aqui, tendência que deve continuar e aumentar nas semanas decisivas que ainda restam na temporada. Singletary definitivamente é o futuro da franquia na posição e tem tudo para seguir fazendo uma ótima parceria com o QB Josh Allen para os próximos anos.

Menções honrosas: QB David Blough (DET), QB Drew Lock (DEN), RB Josh Jacobs (OAK), RB Patrick Laird (MIA), RB Travis Homer (SEA), WR Deebo Samuel (SF), WR Kelvin Harmon (WAS), TE Kaden Smith (NYG), TE Jesper Horsted (CHI), G Elgton Jenkins (GB) e C Erik McCoy (NO).

Defesa

LB Devin White (TB): 07 tackles totais, 1 TFL, 02 passes desviados, 1 interceptação e 01 fumble recuperado retornado para TD.

5ª escolha geral (1ª rodada)

Devin White repete a dose e pela segunda semana consecutiva é destaque absoluto entre os calouros. O jovem Linebacker só não fez chover no jogo contra o Jacksonville Jaguars e teve sua atuação mais impactante até aqui, dando sequência ao bom momento vivido e mostrando que saudável e com uma boa sequência de jogos, tem tudo para ser o grande líder a principal peça da defesa do Buccaneers pelos próximos anos. No último domingo White teve sua primeira interceptação, assim como conseguiu recuperar seu primeiro fumble, retornando esse por 14 jardas até a end zone para anotar o toucdown. Se não fosse a lesão sofrida no início da temporada, nesse ritmo o novato brigaria tranquilamente pelo prêmio de calouro defensivo do ano.

DT Ed Oliver (BUF): 04 tackles totais, 1 TFL, 2.0 sacks, 1 passe desviado e 1 fumble forçado.

9ª escolha geral (1ª rodada)

Ed Oliver fazendo sack em Dak Prescott.

Ed Oliver vem fazendo um ótimo ano de estreia, mesmo que silenciosamente, o calouro tem mantido a regularidade e vem sendo um grande fator na campanha positiva do Buffalo Bills, elevando o nível da linha defensiva, seja parando o jogo terrestre, seja tentando estabelecer pressão pelo meio da linha. Justamente nesse último ponto é onde o calouro era tão valorizado na época do Draft e não vinha conseguindo êxito nas primeiras semanas, no entanto, o jogo contra o Dallas Cowboys marcou a terceira partida consecutiva do jogador com pelo menos um sack, fator que exemplifica bem o momento de Oliver e como ele vem começando a conseguir exercer dominância sobre as OLs adversárias. O novato teve no jogo realizado no Thanksgiving a sua primeira partida com dois sacks e seu primeiro fumble forçado.

Menções honrosas: DE Maxx Crosby (OAK), EDGE Montez Sweat (WAS), EDGE Chase Winovich (NE), DE Charles Omenihu (HOU), DT Shy Tuttle (NO), DT Jeffery Simmons (TEN), LB Devin Bush (PIT), LB Sam Eguavoen (MIA), LB Bobby Okereke (IND), LB Drue Tranquil (LAC), LB Mack Wilson (CLE), S Juan Thornhill (KC), S Taylor Rapp (LAR), S Darnell Savage (GB), S Andrew Wingard (JAX), S Chauncey Gardner-Johnson (NO), CB Sean Bunting (TB) e CB Amani Oruwariye (DET).

DECEPCIONARAM

QB Kyler Murray (ARI): 19 de 34 passes completos para 163 jardas e 1 interceptação; 4 tentativas de corrida para 28 jardas e i TD.

1ª escolha geral (1ª rodada)

Apesar da campanha não ser boa, Kyler Murray vem jogando bem e evoluindo a cada semana, soltando seu jogo e mostrando mais pontos positivos, o que necessariamente eleva o sarrafo de sua avaliação e faz com que o jogo diante do Rams tenha sido uma decepção tão grande. O QB tinha conseguido atuações sólidas até mesmo diante de defesas mais fortes e era esperado que jogando em casa pudesse levar seu time a ter verdadeiras chances de sair vencedor da partida, fato que, no entanto, esteve bem distante de ocorrer com uma atuação da abaixo da média do jovem jogador. É natural a oscilação, mas a primeira escolha geral do Draft de 2019 merece a posição de decepção nessa semana.

Menções desonrosas: QB Dwayne Haskins (WAS), QB Daniel Jones (NTG) e DE Clelin Ferrell (OAK).

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe

Comments are closed.