quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Compartilhe

Chegamos na quarta-feira, finalizada mais uma semana de NFL e como você já sabe é o momento de conferir os novatos que mais se destacaram na rodada, seja de modo positivo ou negativo. Passemos então a destacar e analisar as principais atuações dos calouros.

BRILHARAM

Ataque

RB Josh Jacobs (OAK): 26 tentativas de corrida para 123 jardas e 2 TDs; 3 recepções para 20 jardas.

24ª escolha geral (1ª rodada)

Josh Jacobs foi mais uma vez o ponto central do ataque do Raiders e conseguiu ser o fator de desequilíbrio do time na vitória sobre o Chicago Bears. Mais surpreendente até mesmo do que o resultado em si foi a produção do jogador, que conseguiu justamente nesse jogo, contra uma das melhores defesas da NFL e que ninguém tinha conseguido estabelecer o jogo corrido até então, ter as suas melhores marcas do ano até aqui, com quase 30 toques na bola e mais de 140 jardas totais, além dos dois TDs anotados. A equipe do treinador Jon Gruden parece ter encontrado e estabelecido uma maneira de atuar, onde Jacobs tem papel crucial e deve carregar o piano ao longo da temporada 2019.

QB Kyler Murray (ARI): 20 de 32 passes completos para 253 jardas; 10 tentativas de corrida para 93 jardas e 1 TD.

1ª escolha geral (1ª rodada)

Foi contra um adversário mais fraco, é verdade, mas finalmente Kyler Murray conseguiu sua primeira vitória da carreira ao comandar o time no triunfo sobre o Bengals fora de casa. Não foi uma atuação brilhante do calouro, mas mais serena e sem tanta afobação, visando proteger bem a bola e tentar tomar sempre as melhores decisões. Justamente com esse pensamento e plano de jogo, o jogador conseguiu um jogo limpo, sem turnovers, onde mesmo não lançando para nenhum TD distribuiu bem a bola e conseguiu ser mais efetivo com suas corridas. Apesar do susto no fim, com o empate do Bengals, o novato voltou a campo e conduziu boa campanha para o FG da vitória no estouro do cronômetro. Murray já vinha jogando bem e a vitória veio em boa hora para aumentar a confiança do jogador e quem sabe ajudar a desabrochar ainda mais o seu jogo.

Menções honrosas: QB Gardner Minshew (JAX), WR D.K. Metcalf (SEA), WR Marquise Brown (BAL), WR Darius Slayton (NYG), WR Steven Sims Jr. (WAS), RB Alexander Mattison (MIN), TE Foster Moreau (OAK), OT Justin Skule (SF), G Elgton Jenkins (GB) e C Erik McCoy (NO).

Defesa

DE Nick Bosa (SF): 4 tackles totais, 3 TFL, 2.0 sacks, 1 fumble forçado, 1 fumble recuperado e 5 QBs Hits.

2ª escolha geral (1ª rodada)

Nick Bosa sackando o QB Baker Mayfield.

Eivado até mesmo por um sentimento de vingança diante de Baker Mayfield e da rivalidade e acontecimentos dos tempos de College, Nick Bosa simplesmente destruiu o jogo contra o Cleveland Browns no último Monday Night Football. Imparável, o jogador passou por cima sem tomar conhecimentos da linha ofensiva do Browns, que não soube lidar com o jogador e o fortíssimo front seven do 49ers. Estreia em grande estilo atuando no Prime Time, que rendeu a Bosa, inclusive, o prêmio de jogador defensivo da semana na Conferência Nacional, nomeação mais do que merecida. Estando saudável, esse é o tipo de desempenho que se espera do jogador e ele pode realmente conseguir uma sequência e se firmar, já no seu primeiro ano, como um dos melhores jogadores de defesa de toda a NFL.

OLB Brian Burns (CAR): 3 tackles totais, 1.0 sack, 1 fumble forçado, 1 fumble recuperado e 1 touchdown.

16ª escolha geral (1ª rodada)

Brian Burns marcando seu primeiro TD da carreira.

Brian Burns sem dúvidas é um dos principais fatores de sucesso da surpreendente defesa do Carolina Panthers, principalmente do front seven, setor que demandava tanta preocupação na offseason, após a aposentadoria de Julius Peppers. O calouro foi fator de desequilíbrio na disputada partida contra o Jaguars e conseguiu mais uma vez um sack, além de forçar um fumble e recuperar outro, levando-o até a end zone, num retorno de 56 jardas para conseguir o seu primeiro touchdown da carreira. Burns é um nome que já desponta na corrida pelo prêmio de calouro defensivo do ano e tem tudo para ter uma grande temporada de estreia mantendo essa regularidade.

Menções honrosas: LB Devin Bush (PIT), EDGE Josh Allen (JAX), EDGE Malik Reed (DEN), DE Maxx Crosby (OAK). DT Dexter Lawrence (NYG), CB Sean Bunting (TB), CB Byron Murphy (ARI), EDGE Chase Winovich (NE), DT Ed Oliver (BUF), DE Darryl Johnson Jr. (BUF) e DT Jerry Tillery (LAC).

DECEPCIONARAM

TE Noah Fant (DEN): 1 recepção para 06 jardas.

20ª escolha geral (1ª rodada)

Mais uma vez Noah Fant foi praticamente nulo numa partida e isso não necessariamente é culpa sua ou um grande demérito. O ataque do Denver Broncos tem tido muita dificuldade de produzir sob o comando de Joe Flacco e com isso o time tem tentado se apoiar mais no jogo terrestre, já que colocar o QB para lançar a bola várias vezes tem sido muito problemático. Dessa maneira, Fant tem aparecido mais até bloqueando, onde até tem ido bem, contudo, para um TE draftado na primeira rodada e com seu elevado potencial é muito pouco o apresentado até aqui, sendo alvo somente de um passe nessa última partida.

WR Keesean Johnson (ARI): 3 recepções para 22 jardas.

174ª escolha geral (6ª rodada)

Embora nunca fosse a expectativa inicial, ao ser draftado somente na sexta rodada, Johnson vem tendo muita oportunidade de jogar devido as lesões no elenco, além do seu bom rendimento inicial na temporada. Todavia, no último duelo contra o Cincinnati Bengals, justamente aquele em que viu mais tempo de campo e o time mais contava com sua participação, o calouro não foi bem, conseguindo apenas 3 recepções dos 7 lançamentos feitos em sua direção. Foram alguns drops e erros de rotas, prejudicando várias jogadas ofensivas do Cardinals. Tratando-se de um jovem recebedor e que foi selecionado na parte final do Draft, é natural a oscilação e que ainda precise de muita evolução em vários aspectos, mas com a equipe precisando de sua colaboração tão cedo, Keesean Johnson deve apagar essa atuação e retomar o caminho de evolução que estava seguindo.

Menções desonrosas: WR A.J. Brown (TEN), TE Dawson Knox (BUF).

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

Compartilhe

Comments are closed.