quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Compartilhe

rastreando-draftados-liga-dos-32

Saiba aqui quais foram os jogadores draftados em 2015 que brilharam e decepcionaram nesta semana da NFL!

BRILHARAM

Ataque:

WR Devin Funchess (CAR): 8 bolas na direção, 7 recepções, 120 jardas e 1 TD

A primeira temporada de calouro de Funchess não foi muito impressionante, mas o jogador demonstrou evolução ao longo dos jogos. Na última rodada, teve o melhor jogo da carreira: recebeu 87,5% das bolas lançadas em sua direção e passou das 100 jardas pela primeira vez como profissional, além de marcar 1 TD (seu 5º no ano). O Panthers agora espera que o jogador continue sua evolução e se torne peça fundamental nos playoffs.

17 funchess

WR DeVante Parker (MIA): 6 bolas na direção, 5 recepções, 105 jardas e 1 TD

Outro recebedor que vem evoluindo a cada semana é DeVante Parker. O jogador de Miami teve a melhor partida da carreira durante a vitória no último final de semana contra o Patriots. Foi a primeira vez que ele passou das 100 jardas e pela terceira semana consecutiva recebeu para mais de 80 jardas. Após um começo de temporada instável por conta de lesões, Parker termina o ano em alta e a expectativa é que contribua ainda mais na próxima temporada.

MIAMI GARDENS, FL - JANUARY 03: DeVante Parker #11 of the Miami Dolphins makes a catch over Logan Ryan #26 of the New England Patriots during the third quarter of the game at Sun Life Stadium on January 3, 2016 in Miami Gardens, Florida.  (Photo by Chris Trotman/Getty Images)

Merecem ser destacados: WR Jamison Crowder (WAS), RB Cameron Artis-Payne (CAR), TE Will Tye (NYG), WR Tyler Lockett (SEA).

Defesa:

ILB Eric Kendricks (MIN): 9 tackles (3 individuais)

Foi um bom ano de calouro para Eric Kendricks. Enquanto esteve em campo, o defensor fez sua presença ser sentida; e na última semana não foi diferente: foram seis tackles contra o Packers, sendo três desses individuais. Durante a temporada regular, Kendricks acumulou seis ou mais tackles em sete dos 11 jogos que foi titular e terminou o ano com 72 totais em 14 partidas que participou. A presença de Kendricks será crucial para estabilizar o meio da defesa do Vikings, que na próxima rodada enfrenta o Seahawks no Wild Card.

Jan 3, 2016; Green Bay, WI, USA; Green Bay Packers quarterback Aaron Rodgers (12) rushes with the football during the first quarter as Minnesota Vikings linebacker Eric Kendricks (54) defends at Lambeau Field. Mandatory Credit: Jeff Hanisch-USA TODAY Sports

NT Malcom Brown (NE): 6 tackles (5 individuais)

Nos recentes jogos, Brown se tornou uma força no meio da linha defensiva do Patriots, principalmente contra o jogo corrido. Durante a derrota para o Dolphins, o jogador não acumulou nenhum sack mas teve seis tackles durante todo confronto e ajudou muito New England na disputa pelas trincheiras.

Aug 22, 2015; New Orleans, LA, USA; New England Patriots defensive tackle Malcom Brown (92) against the New Orleans Saints during the first half of a preseason game at the Mercedes-Benz Superdome. Mandatory Credit: Derick E. Hingle-USA TODAY Sports

Merecem ser destacados: LB AJ Tarpley (BUF), DT Christian Covington (HOU), OLB Preston Smith (WAS), DE Za’Darius Smith (BAL).

DECEPCIONARAM

Ataque:

WR Amari Cooper (OAK): 5 bolas na direção, 2 recepções e 20 jardas

Apesar de terminar com mais de 1000 jardas recebidas, a temporada de Amari Cooper foi marcado por altos e baixos. Na semana 17, nova  atuação ruim: foram cinco bolas lançadas em sua direção e apenas duas recepções, para um total de 20 jardas. O número de jardas, apesar de já ser baixo, foi apenas o 4º menor durante toda a temporada de Cooper. A consistência é uma das melhores qualidades dos grandes WRs da Liga, e Cooper certamente precisa trabalhar nisso em 2016.

17 cooper

RB David Johnson (ARI): 11 tentativas e 25 jardas; 8 bolas na direção, 3 recepções e 34 jardas

Johnson vinha em uma ótima sequência, mas não conseguiu manter o nível contra o Seahawks. O Running Back conseguiu apenas 2,27 jardas por tentativa de corrida – nenhuma para mais de 5 jardas – e alguns drops custaram ganhos importantes para o seu time. A média de jardas do jogador foi a menor que ele teve em toda temporada (em jogos com sete tentativas ou mais).

17 johson

Outras decepções: WR Nelson Agholor (PHI) e QB Jameis Winston (TB).

Defesa:

NT Danny Shelton (CLE): 1 tackle em 28 snaps

A transição para a NFL não foi gentil com Shelton, que demonstrou desconforto em atuar em um esquema de defesa diferente do acostumo no College Football. Shelton terminou o ano da mesma forma que começou, sendo praticamente nulo. O único tackle que o jogador teve na partida contra o Steelers levou seu total a 36 no ano, onde 19 deles foram em esforços individuais. O defensor também não tece nenhum sack em 2015.

17 shelton

DE Vic Beasley (ATL): 0 tackle em 31 snaps

O ano de 2015 não foi ruim para Beasley, mas certamente era esperado mais do jogador em seu primeiro ano. Essa semana foi a 4ª vez da temporada que Beasley não fez um único tackle, terminando o ano com apenas 26. Diferentemente da semana passada, Beasley também não conseguiu nenhum sack e terminou o ano com apenas quatro mesmo sendo titular em todos os jogos do Falcons.

17 beasley

Outras decepções: DE Randy Gregory (DAL) e OLB Bud Dupree (PIT).

Compartilhe

Comments are closed.