quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Compartilhe

Depois das emocionantes finais de Conferência, Los Angeles Rams e New England Patriots garantiram seus títulos e o direito de disputar o Super Bowl LIII. No entanto, esta não é a primeira vez em que as equipes chegam ao principal jogo da temporada. Patriots e Rams (na época, em St. Louis) decidiram o Super Bowl XXXVI e hoje iremos relembrar (ou conhecer) um pouco mais da história deste jogo memorável.

Realizado no dia 3 de fevereiro de 2002, o Super Bowl XXXVI foi a partida final da temporada 2001 da NFL. O Campeão da AFC, o New England Patriots, encarava o Campeão da NFC, o St. Louis Rams, em um embate realizado no Superdome, o belo estádio do Saints. Diferente da partida que será realizada em 2019, em que existe um equilíbrio em relação ao favoritismo, neste histórico confronto de 2002, o Rams era considerado amplo favorito contra o Patriots que contava com um ainda jovem Tom Brady que, até aquele dia, era apenas um bom QB ainda buscando se estabelecer na liga.

Leia Mais: Quando mais importava, o Patriots mostrou sua força

Leia Também: Mais do que nunca, a arbitragem da NFL está no olho do furacão

A ótima equipe do Rams contava com o QB Kurt Warner, eleito MVP da temporada 2001, e um dos grandes nomes da liga naquele momento. Além dele, outro grande destaque do grupo era o RB Marshall Faulk, que também vinha de uma temporada sensacional. O RB, que também contribuía efetivamente no jogo aéreo, terminou a temporada 2001 com impressionantes 2147 jardas de scrimmage e 21 TDs.

No Patriots, o grande destaque era a unidade defensiva. Mesmo contando com um QB que viria a se tornar um dos maiores de todos os tempos, em fevereiro de 2002, qualquer perspectiva de sucesso para a equipe de New England passava pela força de sua defesa. A unidade teria a dura missão de parar o ótimo ataque do Rams comandado pelo treinador Mike Martz e, principalmente, as duas principais estrelas mencionadas acima, Warner e Faulk.

Como sabemos, Bill Belichick é mestre neste tipo de tarefa. Esta capacidade que, com o passar dos anos só ficou mais evidenciada, tem levado o Patriots ao sucesso ao limitar as principais armas dos adversários. Semelhante ao que, certamente, tentará com a dupla Todd Gurley e C.J Anderson, Belichick criou uma forte estrutura para limitar a produção, principalmente pelo solo, de Marshall Faulk. Ao final da partida, o brilhante RB havia conquistado apenas 76 jardas terrestres.

Falando especificamente sobre a partida e sabendo do cenário descrito acima, é fácil imaginar o desenrolar do início do confronto. Com o poderoso ataque do Rams limitado, o primeiro quarto da partida teve apenas uma pontuação. Com um FG de 50 jardas, Jeff Wilkins colocou o Rams em vantagem. O Patriots teve ainda duas campanhas nesta primeira etapa da partida e ambas acabaram em punt. No início do segundo período, no entanto, a defesa da equipe de New England apareceu em uma jogada decisiva. O DB Ty Law conseguiu uma bela interceptação retornada para TD sobre o QB Kurt Warner e colocou o Patriots à frente, 7 x 3. Law, que é um dos maiores jogadores da história do Patriots, foi um dos grandes destaques da partida ao finalizar o jogo com 8 tackles, 2 passes defendidos e a citada interceptação que pode ser vista no vídeo abaixo. Um detalhe interessante sobre a jogada é que o LB (50) que pressiona Kurt Warner, apressando o passe, é Mike Vrabel, atualmente o treinador principal do Tennessee Titans.

Ainda no segundo período, Tom Brady conduziu uma campanha de 40 jardas que foi finalizada com um passe do QB para o TD de David Patten. O Patriots abria então uma vantagem de 11 pontos e surpreendia o mundo da NFL com o resultado do primeiro tempo. Para deixar a situação ainda mais complicada para o Rams, em meio ao 3º período, após outra interceptação de Kurt Warner, o Kicker Adam Vinatieri, futuro protagonista desta história, anotou um Field Goal de 37 jardas deixando o placar em 17 x 3 em favor da equipe de New England.

Observando o contexto da partida, a sensação era de que o jogo caminhava para uma vitória do Patriots sem mais problemas após a excelente atuação de sua defesa. No entanto, Kurt Warner e o Rams acordaram no 4º período e, em duas ótimas campanhas, a equipe de St. Louis conseguiu anotar 14 pontos, o que deixaria o Super Bowl XXXVI com um final sensacional. Kurt, inclusive, demonstrou nestas campanhas as qualidades que o fizeram ser eleito o MVP da temporada. No primeiro destes Drives, o QB conduziu a equipe por 77 jardas e finalizou a campanha com uma corrida de 2 jardas para TD. Já com o jogo nos minutos finais, Warner marchou novamente com seu ataque; fechando a nova campanha com um passe de 26 jardas para Ricky Proehl anotar o TD e empatar o jogo.

Contudo, ainda restava um pouco menos de um minuto e meio para o final da partida e Tom Brady teve, provavelmente, o seu primeiro grande momento na NFL. Conduzindo o time em um drive seguro que pode ser revisto neste link, o jovem Brady posicionou a bola para a tentativa de FG de 48 jardas do grande Adam Vinatieri. Neste momento, um dos maiores nomes de sua posição na história da NFL, o incrível Vinatieri, que ainda venceria outros três Super Bowls, entrou em campo para acertar o chute e garantir o primeiro Super Bowl do Patriots e da dupla Brady e Belichick. Ao final do jogo, Tom Brady foi eleito o MVP do Super Bowl XXXVI.

E quis o destino que exatamente em um dia 3 de fevereiro, porém 17 anos depois, as duas equipes voltassem a se encontrar para decidir mais uma vez o campeão da temporada da NFL. Independentemente de qualquer resultado, o que esperamos é que o Super Bowl LIII seja tão emocionante quanto o XXXVI. A partida também será especial por ser um choque interessante de gerações entre Brady e Belichick – que saíram vitoriosos há 17 anos – e uma nova dupla bastante promissora formada por: Sean McVay e Jared Goff.

Por fim, é muito satisfatório perceber que nós somos realmente privilegiados por conhecer e acompanhar o apaixonante Futebol Americano. No primeiro domingo de fevereiro, mais uma vez, teremos o prazer de acompanhar outro importante capítulo da história do esporte que amamos sendo escrito!


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe

Comments are closed.