segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Compartilhe

Valendo vaga no wild card, Seattle Seahawks e Minnesota Vikings duelam nesta segunda-feira (10), às 23h15, horário de Brasília, no CenturyLink Field, pelo fechamento da semana 14 da NFL. Os mandantes da partida estão no 5º lugar da classificação da Conferência Nacional com 7 resultados positivos e 5 negativos. Os visitantes, por sua vez, vêm uma posição abaixo, com o retrospecto de 6-5-1.

Por que o Seattle Seahawks é favorito?

As águias marinhas do estado de Washington emplacaram três vitórias seguidas, sendo a última sobre o San Francisco 49ers pelo placar de 43 a 16, também dentro de casa. A boa fase pode ser creditada, sem dúvida alguma, ao talentosíssimo quarterback Russel Wilson, dono de 29 touchdowns e 5 interceptações, mesmo tendo sofrido 37 sacks. Isso quer dizer que o cara consegue se sair bem quando está em situações difíceis, já que a sua linha ofensiva não dá a proteção necessária. Na rodada passada, ele teve uma de suas melhores apresentações em termos de passes completados e jardas avançadas, com o rating de 10.9. E olha que o ataque aéreo do Seattle é apenas o 26º da liga.

Pelo chão, os comandados do técnico Pete Carroll são os que têm de melhor em 2018. Os running backs Chris Carson e Mike Davis deixam os Seahawks no topo do ranking das jogadas terrestres, com 148.8 jardas avançadas por partida. Será um embate bem interessante com os defensores do Minnesota, que, neste quesito são o 7º da competição.

Na defesa, os anfitriões levam vantagem. Eles tem a 10ª média de pontos levados por jogo. São 21.6 pontos, enquanto que os visitantes estão apenas na 18ª colocação de equipe que mais pontuou. A média é de 22.9. O Seattle consegue chegar nos QBs, com 31 sacks, além de 12 fumbles forçados e 12 interceptações conseguidas. Números sensacionais. Prova de que o time consegue turnovers, o que é importantíssimo.

Uma nova vitória do Seattle Seahawks está avaliada nas casas de apostas em R$ 1,57 a cada real aplicado por você, segundo o Oddsshark.com.

Por que o Minnesota Vikings chega como azarão?

Os Vikings vêm de duas derrotas seguidas na condição de visitante. Apesar de ocupar a 7ª posição do ranking das jogadas aéreas, com a média de 274.8 jardas por jogo, o QB Kirk Cousins, com 23 TDs e 9 interceptações, além de 30 sacks, não passa pela sua melhor fase na temporada. Temos um problema então, pois a principal arma ofensiva são os passes. Nas corridas, o time é o 30º da liga, o que deixa as chamadas um pouco previsíveis e facilita a vida do adversário.

A defesa é bem mais regular que o ataque. Vai bem nas duas situações: passe e corrida. Na primeira opção, o lugar do ranking é o 10º, e na segunda, 8º. O Oddsshark.com, em caso de resultado positivo, indica o retorno de R$ 2,55 para 1.

Aposta na diferença de pontos

O triunfo caseiro por quatro pontos ou mais de diferença rentabiliza R$ 1,90, o mesmo valor estipulado para a derrota dos visitantes por até dois pontos.

Meu palpite

Vou apostar em uma vitória do Seattle por duas posses de bola. Em casa, esta franquia é muito forte, ainda mais com o apoio de sua fanática torcida, uma das mais barulhentas da NFL.

Dica

Para quem ainda não se sente seguro em fazer os seus investimentos por conta própria, os palpites do computador te ajudam a encontrar o melhor caminho, não desperdiçando a sua grana. Os valores dos odds são gerados a partir de análises de algoritmos, com base nos confrontos anteriores, mostrando qual time tem mais chances de levar a melhor em campo. Os índices de acerto são altos.

Alguns resultados de domingo:

Sem dúvida alguma, o resultado que surpreendeu foi a vitória do Miami Dolphins, em casa, sobre o New England Patriots conquistada em uma jogada fantástica de onside kick, passando a bola de mão em mão, no fim da partida, pelo placar de 34 a 33. A inesperada vitória do time dos golfinhos rendeu R$ 3,90 para 1.

Já o New Orleans Saints garantiu o título da NFC Sul e a vaga nos playoffs ao derrotar, de virada, o Tampa Bay Buccaneers, na Flórida, por 28 a 14. Quem apostou na franquia da terra do Jazz pagou a cota de R$ 1,25.

Na “decisão” da NFL Leste, o Dallas Cowboys, líder da divisão, gerando R$ 1,50, segundo o Oddsshark.com, sofreu, mas venceu o rival Philadelphia Eagles na prorrogação por 29 a 23, ficando bem próximo de disputar a pós-temporada.

Confira os jogos da semana 14 da NFL:

Quinta-feira (6 de dezembro)

23h20 – Tennessee Titans (R$ 1,47) 30 x 9 (R$ 2,75) Jacksonville Jaguars

Domingo (9 de dezembro)

16h – Green Bay Packers (R$ 1,40) 34 x 20 (R$ 3,05) Atlanta Falcons

16h – Kansas City Chiefs (R$ 1,34) 24 (27) x (24) 24 (R$ 3,34) Baltimore Ravens

16h – Cleveland Browns (R$ 2,10) 26 x 20 (R$ 1,76) Carolina Panhters

16h – Houston Texans (R$ 1,45) 21 x 24 (R$ 2,80) Indianapolis Colts

16h – Miami Dolphins (R$ 3,90) 34 x 33 (R$ 1,27) New England Patriots

16h – Tampa Bay Buccaneers (R$ 4,10) 14 x 28 (R$ 1,25) New Orleans Saints

16h – Washington Redskins (R$ 2,60) 16 x 40 (R$ 1,55) New York Giants

16h – Buffalo Bills (R$ 1,47) 23 x 27 (R$ 2,75) New York Jets

19h05 – Los Angeles Charges (R$ 1,10) 26 x 21 (R$ 7,25) Cincinnati Bengals

19h05 – San Francisco 49ers (R$ 3,15) 20 x 14 (R$ 1,38) Denver Broncos

19h25 – Arizona Cardinals (R$ 2,15) 3 x 17 (R$ 1,74) Detroit Lions

19h25 – Dallas Cowboys (R$ 1,50) 23 (29) x (23) 23 (R$ 2,70) Philadelphia Eagles

19h25 – Oakland Raiders (R$ 6,00) 24 x 21(R$ 1,14) Pittsburgh Steelers

23h20 – Chicago Bears (R$ 2,40) 15 x 6 (R$ 1,62) Los Angeles Rams

Segunda-feira (10 de dezembro)

23h15 – Seattle Seahawks (R$ 1,57) x (R$ 2,55) Minnesota Vikings

Texto produzido pela equipe do site Oddsshark.

 

 

 

 

Compartilhe

Comments are closed.