terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Compartilhe

e foi assim - L32

O Indianapolis Colts foi a Denver pegar o Broncos pela semifinal da Conferência Americana e venceu por 24 x 13. Poucos acreditavam que Indianapolis podia derrotar um campeão de divisão, já que tinha perdido todos os jogos contra times que haviam vencido a sua divisão na temporada regular. O jogo foi decidido pelas trincheiras, com a linha ofensiva do Colts não deixando o pass rush do Broncos chegar nem perto de Luck e sua secundária acabando com o Peyton Manning. No próximo jogo dos playoffs, o Colts vai a Foxborough enfrentar o Patriots pela final da Conferência Americana.

Como foi o jogo – A partida começou com o Colts só utilizando o QB Andrew Luck, deixando o RB Dan Herron apenas recebendo passes, sem nenhuma tentativa de corrida. A defesa de Denver, uma das melhores da NFL, já estava preparada para defender o jogo aéreo de Indianapolis, o que foi facilitando as coisas para o Broncos. Já o ataque de Denver, como vinha fazendo da metade da temporada para frente, utilizava muito o RB C.J. Anderson, mesmo com um QB de tanta qualidade como Peyton Manning. A primeira campanha da equipe do Colorado terminou em pontuação com uma falta boba cometida pelo DE Arthur Jones, entregando 15 jardas. Esse deslize do Colts não ficou impune e, em seguida, veio um grande passe de Manning para TE Julius Thomas, deixando o Broncos bem perto da end zone. Logo em seguida, Peyton Manning acerta um passe de uma jarda na end zone para o WR Demaryius Thomas e Denver abre o placar, 07 x 00. O Colts continua sem utilizar o jogo corrido, o que vai facilitando a vida da defesa do Broncos, apesar do pass rush do time não conseguir pressionar o QB Andrew Luck. No final do primeiro quarto, o coordenador ofensivo resolve abrir o playbook e começa a tentar correr com a bola, pois até aquele momento só se via passes no ataque de Indianapolis. O primeiro quarto acabava com Denver vencendo por 07 x 00.

No segundo quarto, o Colts já estava na beira da end zone com um passe de 23 jardas para o WR T.Y. Hilton. Deixando de ter um ataque unidimensional, RB Dan Herron corre para a end zone, empatando o placar em 07 x 07. A partir desse momento o jogo muda completamente e o pass rush do Colts, que não é lá essas coisas, começa a pressionar Manning, conseguindo forçar um fumble com o LB Jonathan Newsome e recuperado pelo LB Jerrell Freeman. Com a linha ofensiva do Colts jogando muito, o que aconteceu o jogo inteiro, Denver não conseguia pressionar Luck, facilitando muito os seus passes, agora que o jogo corrido conquistava algumas jardas. Por ter recuperado a bola já no campo de ataque, devido ao fumble, Indianapolis avança pelo campo, misturando corridas e passes para no final Andrew Luck lançar a bola para o TE Dwayne Allen e TD para o Colts, abrindo 14 x 07. Os jogadores do Broncos até conseguiam algum espaço contra a secundária do Colts, mas Peyton Manning não vinha bem no jogo, errando passes que ele não costumava errar. Uma coisa incrível acabou acontecendo, o K Adam Vinatieri, o melhor K da história da NFL, errou um FG de 44 jardas, deixando todos boquiabertos com o que acabara de acontecer. Perto do final do primeiro tempo, Luck lançou uma INT foçando demais o passe, com a cobertura da secundária do Denver em cima do WR Donte Moncrief. Para terminar o segundo quarto, o K Connor Barth acertou um FG de 45 jardas, diminuindo a vantagem do Colts para 14 x 10.

Na volta do intervalo, o jogo continuou o mesmo, a defesa do Colts fazendo a diferença com sua secundária jogando demais. Já no ataque, Indianapolis tinha sua linha ofensiva no melhor jogo da temporada, com Luck não sofrendo nenhum sack no jogo inteiro. Com o QB tão confortável em campo e o Dan Herron conseguindo boas jardas correndo, o Colts foi avançando em campo, até que Luck fez um lançamento de 15 jardas para o WR Hakeem Nicks marcar o TD e abrir 21 x 10 para Indianapolis. As campanhas de Denver não produziam mais nada, Manning não estava nos seus melhores dias e os WRs ainda dropavam em jogadas importantes. Foi aí que Andrew Luck resolveu dar mais uma chance para Peyton Manning e companhia lançando a bola novamente para Moncrief, que estava com marcação dupla, em um passe que fez a função de punt e sendo interceptado, dando a chance que Denver precisava para se reerguer no jogo. Broncos, depois de muito tempo, vinha com uma campanha segura e sólida, avançando bem o campo no final do terceiro quarto.

No último quarto, a secundária do Colts continuava jogando demais, desviando a bola e sem perder um tackle sequer quando os recebedores de Denver conseguiam receber a bola. O K Connor Barth acertou um FG de 41 jardas e diminuiu a vantagem de Indianapolis para 21 x 13. Nesse momento do jogo, o Colts só queria gastar o máximo o relógio e pontuar, seja com TD ou FG. O jogo corrido funcionava muito bem e Luck conseguia passes importantes, não deixando o relógio parar. Em uma campanha de mais de 8 min, o K Adam Vinatieri acerta um FG de 30 jardas e abre 24 x 13, deixando Denver com 4 min para tentar virar o jogo. Mas Manning continuava errático, o Broncos não conseguiu mais nada no jogo e o Colts venceu fora de casa por 24 x 13, conseguindo o passaporte para a final da AFC contra o New England Patriots, no Gillette Stadium.

Destaques da partida:

Indianapolis Colts

QB Andrew Luck – 27/43 265 jardas, 2 TDs e 2 INT.

RB Dan Herron – 23 carregadas para 63 jardas e 1 TD.

LB Jonathan Newsome – 1 sack e 1 fumble forçado.

Denver Broncos

QB Peyton Manning – 26/46 211 jardas e 1 TD.

RB C.J. Anderson – 18 carregadas para 80 jardas.

WR Demaryius Thomas – 5 recepções para 59 jardas e 1 TD.

FIM DE JOGO – INDIANAPOLIS COLTS 24 @ 13 DENVER BRONCOS

Compartilhe

Comments are closed.