sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Compartilhe

Muito é falado que os special teams vencem jogos, ou que ter bom desempenho na terceira fase do jogo é um dos principais caminhos para estar entre os melhores da liga. Mas será que na prática, é isso que acontece? No texto de hoje iremos analisar os números dos times especiais e comparar com o número de vitórias das equipes e tentar encontrar uma relação direta entre eles.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 7DP.gif

 

 

DVOA

O Defense-adjusted Value Over Average é uma métrica utilizada para medir o desempenho das unidades, sendo mais eficiente do que olhar apenas para os números brutos, pois esses números podem ser influenciados ao se enfrentar uma equipe inferior.

  1. Miami Dolphins
  2. Baltimore Ravens
  3. Seattle Seahawks
  4. New York Giants
  5. New Orleans Saints

Esses são os cinco primeiros em DVOA nos special teams até agora na liga. Um deles chama a atenção, que é o Giants, que possui uma das piores campanhas até agora. Mas que está com um desempenho muito bom à respeito de field goals e punts.

O Baltimore Ravens sempre esteve entre os melhores times especiais da liga nos últimos anos e novamente isso vem acontecendo sob o comando de John Harbaugh. Ter um kicker como Justin Tucker e bons retornos, gera esse resultado ano após ano.

A boa campanha de Miami muitas vezes só mostra o desempenho de Tua Tagovailoa ou a defesa de Brian Flores, mas o setor que vem se destacando mais em relação aos outros são os times especiais, em especial os pontos escondidos, que de longe é o melhor da liga atualmente. Parece que o Coach Flores aprendeu muito bem isso com seu antigo chefe, Bill Belichick e vêm aplicando com extrema eficiência em seu segundo ano na equipe da Flórida. E ajuda no processo de gerar vitórias, pois tira a pressão do ataque comandado por um QB calouro.

Trabalho sensacional do retorno ao dobrar e anular completamente o gunner na esquerda do Rams e abrindo assim a lane para o retornador, auxiliado pelo “Wall Block” do restante, evitando cometer holdings quando em posições desfavoráveis e deixando o retornador vencê-los. Isso mostra um trabalho muito bem feito da comissão técnica em ensinar essa parte do jogo.

Na linha contrária, se fala muito da falta de eficiência do ataque de Carson Wentz a frente do Philadelphia Eagles, mas ao analisar os pontos escondidos da equipe da Filadélfia, eles se encontram em último na liga, por muito. Esse fato coloca ainda mais pressão na unidade ofensiva para marcar pontos e ganhar os jogos.

O Steelers que está com a melhor campanha da liga, é apenas o oitavo na lista. Outros times como o Titans (31) e Rams (29) que estão entre os melhores de suas conferências, se encontram no pelotão de baixo dos special teams. Muito por conta do erro do seus kickers que é levado em conta pelo DVOA e por cederem bons retornos aos adversários.

O Titans se encontra entre os melhores times da liga, mas o desempenho nessa fase do jogo já custou 2 jogos importantes de forma direta, além do baixo desempenho geral como demonstrado pelo DVOA. Na última semana, com o punt bloqueado pelo Colts e no erro de FG para empatar de Gostkowski contra o Steelers. Daí a premissa que Special Teams perdem jogos.

Leia Mais: Ep #228 – Semanas 10 e 11 da NFL

Leia Também: Power Ranking Liga dos 32 – Semana 10

DVOA de Field Goals/Extra Points acertados

Falar de Field Goals faz mais sentido quando analisando o DVOA deles do que somente o número bruto de chutes acertados, pois o dado compara o desempenho de cada um dos times com as outras franquias dentro da mesma faixa de distância do chute. Isso mostra melhor o desempenho dos kickers em comparação ao resto da liga.

Baltimore, Denver e Seattle lideram essa estatística. O que não é nenhuma surpresa, dada a qualidade dos chutadores das equipes. E os principais times estão no topo aqui, como Steelers, Packers e Saints. E com seus kickers bastantes confiáveis..

Na parte de baixo, Jacksonville, Chargers e Washington se encontram entre os piores times em termos de campanha e também nesse ponto de FG/Extra Points. Sendo os 3, laternas de suas respectivas divisões.

Ou seja, o DVOA de FG/XP acaba por trazer um ponto interessante quanto à relação de desempenho e vitórias. Pois boas equipes possuem excelentes kickers e isso é refletido nas estatísticas. As únicas equipes que são lideres de divisão e estão no bloco de baixo desse DVOA são o Philadelphia Eagles e Arizona Cardinals.

Jardas de retorno cedidas

Um número que se relaciona diretamente com as campanhas, é o de jardas cedidas por retorno de punt e kickoff. Isso significa que quanto mais jardas cedidas, pior a campanha.

Chargers, Jets, Lions, Falcons e 49ers estão entre os piores nesse quesito e em último nas suas respectivas divisões (menos o Falcons). A equipe de Los Angeles ficou conhecida por perder vários jogos após ter a vantagem entrando no último quarto, e um dos fatores é a posição de campo, depois de bons retornos do adversário. Ou seja, temos aqui possivelmente mais um fator diretamente proporcional às campanhas.

Já quanto as melhores equipes, várias delas se encontram entre os melhores. Como o próprio Steelers, Chiefs, Baltimore, Colts e Dolphins.

 

Conclusão

Comecem a prestar mais atenção no special teams do Miami Dolphins

A relação de desempenho nos special teams não reflete diretamente a campanha, no entanto, as melhores equipes da liga estão no pelotão da frente em cada uma das estatísticas. E isso acaba por tirar a pressão de suas unidades ofensivas e defensivas na questão de pontuar para vencer os jogos. O melhor exemplo talvez seja o do Miami Dolphins, que deixa seu ataque em boas posições para pontuar, além de deixar o adversário longe de sua endzone.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Leave A Reply