quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Compartilhe

adam-vinatieri-colts-patriots-liga-dos-32

Um fato que chamou a atenção nas partidas da quarta rodada da temporada regular da NFL foi a quantidade de Field Goals e Extra Points errados pelos Kickers das equipes. No total, foram 18 chutes desperdiçados (14 FGs e 4 XPs), o que representa o segundo maior número na história recente da liga profissional – na semana 10 de 2010 foram 20. O aumento de erros pode ser relacionado à nova distância do Extra Point, que a partir desta temporada se tornou um chute de 33 jardas, mas o que também podemos destacar é o desempenho dos jovens atletas comparado aos dos veteranos. Após a quarta rodada, ficou muito claro o quanto um Kicker é importante para uma franquia de futebol americano, vitórias aconteceram por causa de alguns e outros foram responsáveis diretos por derrotas. Foram quatro jogos que provaram o quão bom é ter um Kicker confiável no elenco:

O duelo entre Pittsburgh Steelers e Baltimore Ravens, na quinta-feira passada, colocou a frente o K Josh Scobee, que chegou a equipe nesta temporada para substituir o titular que está machucado, e o K Justin Tucker, maior promessa da posição e que já se coloca entre os melhores da NFL. No último quarto, quando o Steelers vencia por 20 a 17, Scobee teve chance de aumentar o placar duas vezes em chutes de 49 e 41 jardas, mas desperdiçou ambas. Tucker teve a competência para empatar o jogo faltando sete segundos em um chute de 42 jardas e, já na prorrogação, virar a partida e levar a vitória para a casa em um FG de 52 jardas. Josh Scobee foi dispensado no final de semana com 6/10 em FGs e 6/7 em XPs e Justin Tucker, até agora, tem 10/11 em FGs e 9/9 em XPs.

Outra partida que opôs uma decepção e um nome de confiança foi Jacksonville Jaguars e Indianapolis Colts, de um lado o K Jason Myers e do outro o veteraníssimo K Adam Vinatieri. Restando seis segundos para o fim e o jogo empatado em 13 a 13, Myers teve a chance de dar a vitória para o Jaguars, mas errou a tentativa de 53 jardas. Porém, o técnico Chuck Pagano (Colts) pediu um tempo e o Kicker teve outra chance – novamente errada – e o jogo foi para a prorrogação. No tempo extra, o jovem Myers conseguiu outra oportunidade de colocar a equipe de Jacksonville em vantagem, mas desperdiçou um FG de 48 jardas; coube a Adam Vinatieri garantir a vitória do Colts em um chute de 27 jardas. O Kicker do Jaguars não foi dispensado, mas se quiser manter o emprego vai precisar melhorar o aproveitamento, que até agora é de 7/10 em FGs e 5/6 em XPs, já Vinatieri, com 42 anos, está caminhando para a aposentadoria e em 2015 tem 3/5 em FGs e 7/7 em XPs.

kyle-brindza-buccaneers-liga-dos-32

O terceiro jogo em questão bota em evidência um calouro da posição que está tendo um ano terrível. O Tampa Bay Buccaneers contava com o K Kyle Brindza e enfrentou o invicto Carolina Panthers pela quarta rodada da temporada regular. A derrota de 37 a 23 caiu muito mais nas costas do QB Jameis Winston do que em Brindza, mas o Kicker errou dois FGs e um XP. Além de deixar de anotar sete pontos contra o Panthers, o calouro teve uma atuação tenebrosa contra o Texans na terceira rodada: 1/4 em FGs e 1/3 em XPs, incríveis 11 pontos desperdiçados pelo atleta, que, se acertados, teriam dado a vitória para o Buccaneers, já que a partida terminou 19 a 9. Depois de duas semanas errando praticamente tudo, Brindza foi dispensado na última segunda-feira com um aproveitamento de 6/12 em FGs e 6/8 em XPs.

Enquanto alguns deixam de acertar, um Kicker foi responsável por marcar simplesmente TODOS os pontos da equipe; o dono dessa marca é o nosso orgulho brasileiro, o K Cairo Santos. Na derrota para o Cincinnati Bengals, o Kicker do Kansas City Chiefs terminou a partida com 7/7 em FGs (22, 40, 51, 34, 40, 29 e 51 jardas) e foi o dono dos 21 pontos anotados pela franquia. A grande atuação do jogador é o novo recorde do Chiefs de mais FGs convertidos em uma única partida. Cairo está na NFL desde o ano passado e teve um início complicado de adaptação, quando errou 2 FGs em 4 tentados nos dois primeiros jogos, mas logo depois embalou 13 acertos seguidos e terminou a temporada com apenas cinco chutes errados de 30 tentados. Em 2015, até a quarta rodada, ele já soma 10/11 em FGs e 8/8 em XPs.

Após a análise dos jogos da última rodada, o que podemos tirar de lição é que está cada vez mais difícil achar Kickers jovens que assumam a responsabilidade de serem titulares em uma franquia profissional. Além dos já citados Cairo Santos e Justin Tucker, são poucos os exemplos de novatos que conseguem ter sucesso; temos como destaque Dan Bailey, do Dallas Cowboys, Chandler Catanzaro, do Arizona Cardinals, Greg Zuerlein, do St. Louis Rams, e Blair Walsh – que começa a mostrar um pouco de dificuldade –, do Minnesota Vikings.

stephen-gostkowski-patriots-liga-dos-32

Com a dificuldade de encontrar novos talentos na posição, os veteranos parecem cada vez mais valorizados e, além disso, quem tem uma boa sequência consegue permanecer por muitos anos em uma só franquia. Esses são os casos, por exemplo, de Robbie Gould – que deu a vitória nos últimos segundos contra o Oakland Raiders na quarta rodada –, 33 anos e 11 no Bears, Stephen Gostkowski, 31 anos e 10 no Patriots, Sebastian Janikowski, 37 anos e 16 no Raiders, Mason Crosby, 31 anos e 9 no Packers, Phil Dawson, 40 anos e 17 na NFL (hoje no San Francisco 49ers), Matt Bryant, 40 anos e 15 na NFL (hoje no Atlanta Falcons) e Adam Vinatieri, 42 anos, 10 no Patriots e 10 no Colts.

No dia 15 de outubro de 1967 tivemos 35 FGs errados; hoje em dia é muito difícil algo perto disso acontecer, visto o alto nível dos Kickers atuais da NFL. Porém, com a complicada missão de descobrir jovens talentos na posição, fica cada mais vez mais clara a importância de um nome de confiança para chutar FGs e XPs, eles podem ser os responsáveis por vencer uma partida na temporada regular, nos playoffs ou até um Super Bowl – Adam Vinatieri que o diga. Se o time que você torce possui um Kicker confiável, agradeça. E não fique irritado quando ele errar um chute ou dois, pois, olhando a situação atual, poderia ser bem pior.

Compartilhe

Comments are closed.