segunda-feira, 22 de abril de 2019

Compartilhe

Terrill Hanks

Posição: Linebacker
Universidade: New Mexico State
Idade: 22 Anos
Altura: 1.91m
Peso: 106 kg

Explosão Inicial – É um linebacker muito explosivo, com uma saída bastante acima da média nos primeiros dois passos. Porém, tem uma explosão inconsistente e que não se mantém, principalmente em um segundo momento.

Inteligência / Instinto –  Precisa melhorar nesse quesito, que não é crítico, mas atrapalha o seu jogo. Demora muito tempo para ler jogadas e às vezes faz a leitura errada, mesmo atrasado. Também é facilmente enganado por fakes e até por mudanças de direção.

Cobertura de Passes – Tem muita velocidade, mobilidade e um comprimento ideal para cobrir de sideline a sideline, conseguindo marcar Running Backs e Tight Ends individualmente. Por outro lado, não tem um instinto apurado e apresenta dificuldades para antecipar rotas.

Defesa Terrestre – É ainda uma parte a melhorar em seu jogo, principalmente por conta de seu instinto e dificuldade de ler jogadas. Tem dificuldades para sair de bloqueios, especialmente quando recebe o contato e precisa se impor fisicamente.

Flexibilidade – É seu ponto forte, com certeza. Tem uma excelente movimentação lateral, muda muito bem de direção sem perder velocidade e em seu primeiro impulso consegue ser bastante explosivo. Um ótimo atleta para se ter em blitz.

Tackles –  É Inconsistente nos tackles. Tem uma boa angulação, se movimenta muito bem para fazer as jogadas, mas na hora de finalizar falta principalmente força física.

Capacidade Atlética e Competitividade –  A capacidade atlética é excelente (agilidade e velocidade), embora a capacidade física deixe a desejar, principalmente quando precisa transformar sua velocidade em potência para terminar tackles e sair de bloqueios. A competitividade também é inconsistente e parece estar dormindo em algumas leituras. Sua recuperação, porém, é excelente.

Encaixe – Um Linebacker que geralmente será colocado em situações óbvias de passe, realizando a blitz pelo centro ou pelos lados, ou saindo em velocidade para marcar o recebedor. Em situações normais, eu não o usaria como MLB ou SLB por sua falta de instinto, mas como um WLB com certeza, principalmente em jogadas de passe, com a responsabilidade de marcar Running Backs saindo do backfield.

Compartilhe

Comments are closed.