terça-feira, 28 de julho de 2015

Compartilhe

patriots-brady-liga-dos-32

A NFL anunciou na tarde desta terça-feira que o QB astro do Patriots, Tom Brady, vai continuar suspenso pelos primeiros quatro jogos da temporada regular sem direito a pagamento por violar as políticas de integridade do jogo na NFL. Além disso, a equipe de Robert Kraft também foi multada em 1 milhão de dólares e perderá as escolhas de primeira rodada no draft de 2016 e de quarta rodada no de 2017 (entenda o caso).

Leia Mais: A NFL puniu Brady para mostrar que mudou

A punição veio à luz da liberação do relatório do investigador Ted Wells, que apurou se o Patriots teria esvaziado intencionalmente bolas utilizadas na final da AFC contra o Indianapolis Colts. No documento, Wells apontou que “era mais provável que não” que o QB Tom Brady estivesse ciente sobre as atividades ilegais conduzidas por funcionários da equipe.

A NFL também informou nesta terça-feira que Tom Brady apagou mais de 10.000 mensagens e destruiu o seu celular para não ter que entregá-lo para a investigação. O atleta e a NFLPA (National Football League Players Association) ainda devem entrar na justiça comum contra a decisão e um encontro nos tribunais é bem possível de acontecer, porém, dificilmente será antes do início da temporada. “Destruir celulares depois que não uso mais é uma coisa normal”, segundo Brady.

A NFL bateu mais forte do que o esperado. A punição veio mesmo sem evidências incontestáveis contra a equipe ou Tom Brady. Uma suspensão de quatro jogos e a perda de uma escolha de primeira rodada não eram esperadas pela maioria dos analistas. Para a equipe, a punição se equipara a que o Saints recebeu em 2012 pelo escândalo do Bountygate. Na ocasião, a equipe da Louisiana foi punida com a perda de duas escolhas de segunda rodada e 500 mil dólares de multa.

Leia Também: Conheça Jimmy Garoppolo, o substituto de Tom Brady

O jovem Jimmy Garoppolo, em seu segundo ano na liga, deverá comandar o ataque no Patriots no primeiro quarto da temporada; Tom Brady só poderá voltar a campo na semana 6, justamente contra o Indianapolis Colts.

Compartilhe

Comments are closed.