quarta-feira, 6 de julho de 2016

Compartilhe

top-10

Continuando a série de textos com as listas dos dez melhores jogadores da liga em cada posições, hoje é a vez de falarmos sobre os Cornerbacks. Um bom jogador da posição deve ser um exímio marcador, ter velocidade, agilidade, bom posicionamento e bons números de passes desviados e INTs. Antes de comentar, elogiar ou criticar lembre-se que o critério foi uma soma da CARREIRA com o MOMENTO ATUAL vivido pelos jogadores e a lista traz uma opinião, então não é uma verdade absoluta e todos são livres para discordar. Calouros na temporada passada não entram na lista, pois, em nosso julgamento, um ano na NFL é muito pouco para colocar um jogador entre os dez melhores da posição.

LEIA MAIS: TOP 10 – Safeties
LEIA MAIS: TOP 10 – Tight End

10º) Jason Verrett – San Diego Chargers

jason verrett chargers top 10

Mesmo com apenas 25 anos de idade, Jason Verrett pode ser considerado um dos melhores da NFL em sua posição, tamanha qualidade que mostrou dentro de campo desde que se tornou profissional dois anos atrás. Sua marcação em cima dos recebedores é tão efetiva que muitas vezes os QBs desistem de lançar em sua direção pelo risco de serem interceptados, mesmo com “apenas” 1,78 de altura, ele compensa na velocidade e posicionamento. Se analisarmos apenas os números do jogador na NFL não ficaremos tão surpresos assim: foram 12 passes desviados e 3 INTs na temporada passada. Porém, limitou Calvin Johnson, A.J. Green e Antonio Brown a desempenhos bem abaixo do normal e foi escolhido, com méritos, para o seu primeiro Pro Bowl da carreira. Com muito tempo ainda para se desenvolver, Verrett deverá ser presença garantida na lista dos melhores CBs da liga por um longo tempo.

9º) Desmond Trufant – Atlanta Falcons

trufant-top-10

Outro representante da nova geração de CBs na NFL, Desmond Trufant nunca ficou fora de um jogo desde que entrou na liga três anos atrás e a cada temporada prova estar pronto para marcar qualquer recebedor que alinhar a sua frente. Evitado pelos QBs adversários a cada ano que passa, já tem mais de 40 passes desviados em sua curta carreira e também soma 6 INTs. Com participação no Pro Bowl do ano passado, consegue dar a segurança necessária ao instável setor de defesa do Atlanta Falcons e conseguiu limitar Mike Evans, T.Y. Hilton e outros recebedores talentosos no ano passado. Assim como Jason Verrett, ainda tem muito tempo para evoluir, com certeza só tem a melhorar e certamente estará nesta lista nos próximos anos.

8º) Vontae Davis – Indianapolis Colts

vontae-davis-top-10

Desde que chegou ao Indianapolis Colts em 2012, Vontae Davis representou um impacto imediato na secundária, mas, como uma andorinha só não faz verão, não conseguiu dar jeito nos problemas que parecem crônicos no setor. Porém, individualmente falando, o atleta chegou aos seus melhores momentos da carreira defendendo a franquia, foi escolhido duas vezes para o Pro Bowl e uma vez para o All-Pro Team, se consolidando como um dos grandes nomes da posição em toda a NFL. Só nas últimas duas temporadas foram 4 INTs em cada uma e também mais de 15 passes desviados. Ele só não está em uma posição mais alta por falhar na marcação de alguns dos principais recebedores da NFL: DeAndre Hopkins, Julio Jones, Brandon Marshall e Antonio Brown fizeram a festa nos confrontos contra o Colts.

7º) Joe Haden – Cleveland Browns

haden-top-10

Antes da temporada passada, Joe Haden podia ser considerado um dos cinco melhores da NFL em sua posição, mas, depois de um ano encurtado por concussões e lesões complicadas, é injusto com outros atletas mantê-lo entre primeiros colocados. Mesmo considerado baixo entre os CBs profissionais, ele não deixa a desejar em nada para os demais companheiros na liga e prova ser um dos ótimos nomes na marcação de grandes recebedores. Foram duas temporadas seguidas – 2013 e 2014 – com 20 passes desviados, 3 e 4 INTs respectivamente, além de duas participações no Pro Bowl nesse período. Agora praticamente sozinho na secundária do Cleveland Browns, Haden vai precisar atuar em alto nível novamente se quiser ajudar a defesa do time.

6º) Aqib Talib – Denver Broncos

aqib-talib-broncos top 10

Uma das principais peças da fortíssima defesa do Denver Broncos na temporada passada, Aqib Talib foi um dos responsáveis por parar o poderoso ataque do Carolina Panthers no Super Bowl 50. Com 30 anos de idade, sua carreira decolou quando ele chegou ao New England Patriots e, posteriormente, no Denver Broncos, lugares onde, desde então, conseguiu ter uma regularidade de jogos, foi escolhido para o Pro Bowl três vezes e conquistou um Super Bowl. A temporada passada foi um das melhores de Talib na NFL – 13 passes desviados, 3 INTs, 2 TDs – e, ao lado de Chris Harris Jr., formou a melhor dupla de CBs da NFL. Perfeito na marcação contra os grandes recebedores, o jogador parece ter se consolidado entre os principais nomes da posição.

5º) Josh Norman – Washington Redskins

Josh Norman redskins top 10

Até a temporada passada, Josh Norman não passava de um coadjuvante na defesa do Carolina Panthers e não era nem titular absoluto na defesa da equipe. Porém, tudo mudou muito rápido e, sem sombra de dúvidas, ele foi o melhor da NFL em sua posição no ano passado. Norman impressionou o mundo do futebol americano desde a primeira semana e simplesmente anulou DeAndre Hopkins, Allen Robinson, T.Y. Hilton, Julio Jones, Mike Evans, Dez Bryant e Odell Beckham Jr. Ao final da temporada, foram 19 passes desviados, 4 INTs, 2 TDs e ainda 3 Fumbles forçados, números que o colocaram no All-Pro Team e também no Pro Bowl. Após não chegar a um acordo com o Panthers, ele é o novo reforço do Washington Redskins e precisa mostrar que não foi apenas uma temporada de sorte.

4º) Chris Harris Jr. – Denver Broncos

harris-jr-top-10

Este aqui é um dos jogadores mais subestimados em toda NFL, mas em nossa lista valorizamos todos os atletas que fazem por merecer. Chris Harris Jr. ficou dois anos – ou 36 jogos – sem ceder ao menos um TD a um recebedor que esteve em sua marcação, essa marca só foi quebrada por Antonio Brown na temporada passada em duelo válido pela semana 15. Só por esse fato já podemos ver o quão bom ele é, mas quando lembramos que nem selecionado no Draft ele foi, seus números e feitos ficam ainda mais impressionantes. No ano passado, por medo de um interceptação, os QBs evitaram lançar onde Harris Jr. estava, então ele conseguiu “apenas” 6 passes desviados, 2 INTs, um TD e 2 Fumbles forçados. Enquanto isso, em 2014, foram 17 passes desviados e 3 INTs. Como falado no início do parágrafo, ele não é valorizado como merece, por isso nunca foi escolhido para o All-Pro Team, mas já esteve entre os escolhidos do Pro Bowl duas vezes e tem um título de Super Bowl no currículo, isso tudo com apenas 27 anos e 1,77 de altura.

3º) Patrick Peterson – Arizona Cardinals

patrick-peterson-top-10

O atleta foi selecionado pelo Arizona Cardinals em 2011 para se tornar um dos grandes nomes da NFL e não decepcionou. Patrick Peterson atuou em todas as partidas desde que se tornou profissional e se tornou o principal jogador do setor, marcando os melhores recebedores adversários, independente da formação e do posicionamento do rival. No currículo, são três escolhas para o All-Pro Team e participação no Pro Bowl em todas as temporadas que atuou até agora. Fora isso, ele soma quase 60 passes desviados e 17 INTs em sua curta carreira na NFL. Juntando a excelência física com a inteligência e versatilidade para saber o que fazer quando a bola está no ar, Peterson é temido pelos QBs adversários e uma certeza é que o recebedor que encará-lo dificilmente terá alguma chance de sucesso.

2º) Darrelle Revis – New York Jets

revis-top-10

Se fôssemos considerar apenas a carreira, Darrelle Revis estaria no topo da lista, mas o momento atual do atleta não é o mesmo de anos anteriores e deixa a desejar se compararmos com outros jogadores da posição. Sua qualidade dentro de campo é inegável – suas cinco escolhas para o All-Pro Team e sete para o Pro Bowl provam isso -, além de também ser um dos grandes nomes entre os CBs em toda a história da NFL. São mais de 100 passes desviados e quase 30 INTs em suas nove temporadas como profissional, o que é mais do que suficiente para todos os QBs adversários respeitarem o pedaço de campo que ele estiver cobrindo. Perto dos 31 anos de idade, Revis não tem a mesma velocidade e agilidade que fizeram a diferença em anos anteriores, mas sua experiência o ajuda a ler as rotas dos recebedores e saber se posicionar em diversas situações de passe.

1º) Richard Sherman – Seattle Seahawks

sherman-top-10

Selecionado apenas na 5º rodada em 2011, Richard Sherman conseguiu ganhar a titularidade em sua temporada de calouro e se transformou no melhor da NFL em sua posição. Desde que se tornou profissional, ninguém soma mais interceptações do que Sherman na liga (26), com destaque para as 20 INTs nos três primeiros anos, quando ainda insistiam em lançar onde ele estava. Desde que explodiu, passou a ser respeitado por todos os QBs da liga, tanto que alguns nem arriscam a sorte de tentar buscar o recebedor que esteja o encarando na rota. Até agora são quase 80 passes desviados, três escolhas para o Pro Bowl e outras três para o All-Pro Team, nada mal para uma carreira de apenas cinco anos. Muitos podem falar que ele só cobre um lado do campo e não vai atrás do melhor recebedor em todas as oportunidades, mas o trabalho que faz quando é exigido é perfeito e ninguém pode botar defeito.

Compartilhe

Comments are closed.