quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Compartilhe

Chegamos na quarta semana da temporada e restam apenas 8 times invictos na NFL. De todos eles, o mais surpreendente é o Buffalo Bills. A expectativa antes da temporada era de uma evolução considerável no rendimento da franquia, mas nem nos sonhos mais maravilhosos o torcedor poderia imaginar um 3-0 logo de cara. Ainda mais com viradas nos minutos finais e ótimo aproveitamento do segundo anista Josh Allen no último quarto.

É claro que é preciso ter pés no chão em Buffalo. Foram 3 jogos considerados acessíveis, contra equipes que provavelmente terão mais derrotas do que vitórias. E, na semana 4, o time de Sean McDermott recebe o seu maior pesadelo: New England Patriots. Esse conjunto de fatores faz com que os especialistas da bola oval fiquem com receio em relação ao desempenho time do estado de Nova York no restante da temporada. No entanto, há alguns indícios que podem alimentar as esperanças dos fãs.

Leia Mais: NFL na TV – Transmissões da Semana 4

Leia Também: Rastreando Draftados – Terry McLaurin é a boa notícia da temporada do Redskins

O primeiro deles é o calendário. A franquia tem pela frente diversos jogos relativamente tranquilos após duelo contra o Patriots. Enfrenta duas vezes o Miami Dolphins, o que praticamente se configura dois triunfos. Tennessee Titans que, apesar de ser fora de seus domínios, vem apresentando sinais de declínio devido ao péssimo rendimento de Marcus Mariota. Denver Broncos, Pittsburgh Steelers e Washington Redskins que estão 0-3 na temporada e não empolgaram até o momento. Além de mais um confronto contra o New York Jets dentro do New Era Field.

AP Photo/Gerry Broome

A defesa vem fazendo um trabalho fenomenal. Em média, a unidade cedeu apenas 15,6 pontos, 225 jardas aéreas e 87,6 jardas terrestres até então. Foram 7 sacks, 4 interceptações e 3 fumbles. E mesmo que os 3 times derrotados pelo Bills não ofereçam tanto risco, em todos esses ataques há jogadores de elite. Os QBs adversários anotaram apenas 3 TDs lançando a bola. Se pensar em RB esse número cai para 2. Isso tudo levando em consideração que a equipe já enfrentou Saquon Barkley, Le’veon Bell e Joe Mixon. Lembrando que o sistema já configurou entre os melhores da liga na temporada passada.

Muito desta postura defensiva passa pelo tempo de posse. O time tem se acostumado em gastar o relógio com sabedoria devido ao ótimo trabalho do técnico McDermott e coordenador ofensivo Brian Daboll. O ataque apresenta uma mescla interessante entre jogo aéreo e terrestre. Em 2019, Josh Allen ganhou um arsenal de opções para lançar a bola, o que tem ajudado na evolução do QB. John Brown, Cole Beasley, Dawson Knox, Zay Jones e até mesmo o RB Devin Singletary. E o que falar do calouro da Universidade de Florida Atlantic? Mesmo não participando da última partida, o jovem já mostrou ter uma personalidade rara na liga. E aprendendo com o veterano Frank Gore, tem tudo para se tornar um grande corredor e recebedor. Além disso, Josh Allen segue mostrando que é capaz de improvisar jogadas com os próprios pés, ajudando a desafogar o ataque, além de colocar mais uma incógnita nas defesas adversárias.

Apesar de tudo isso, a equipe ainda pode crescer de produção. Oscilou em alguns momentos nas partidas contra Jets e Bengals e isso preocupa para o decorrer da temporada. É fundamental que McDermott e seus assistentes corrijam algumas situações. Em jogos mais complicados que estão por vir, como Patriots, Cowboys e Eagles, os erros podem custar a vitória. 

Pensando em Wild Card, o confronto mais importante da temporada será em Cleveland, contra o Browns. As duas equipes devem brigar por uma vaga na repescagem, apesar do início desanimador da franquia de Ohio, e esse duelo pode definir quem avança aos playoffs. Não será um jogo fácil para o time de Buffalo, há muito talento no elenco de Freddie Kitchens. Mas se o Bills continuar evoluindo, pode chegar na semana 10 com possibilidades de vitória.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.