quarta-feira, 15 de maio de 2019

Compartilhe

Um pouco antes do início da temporada de 2018, o Dallas Cowboys recebeu a péssima notícia de que o center Travis Frederick estaria fora por tempo indeterminado por ser portador da Síndrome Guillain-Barré, uma condição neurológica que causa fraqueza muscular, dificuldades de respiração e eventuais complicações. Agora, porém, o torcedor pode comemorar: o atleta está bem próximo de retornar aos campos.

Travis Frederick conversou nessa terça-feira (14) com Todd Archer, da ESPN norte-americana, e suas falas foram bastante encorajadoras: “Parece que eu estou de volta. Sinto que estou próximo da minha força total”, disse. Completou ainda considerando que espera participar de todos os treinamentos no training camp, em julho, e que acredita que isso fará parte da recuperação, tirando a ferrugem e o deixando preparado para a temporada regular.

Leia Mais: Jameis Winston é o futuro do Tampa Bay Buccaneers?

Leia Também: o Jaguars acertou em contratar Nick Foles

Durante anos, Frederick foi um dos principais centers da NFL. Não à toa, foi selecionado por quatro vezes consecutivas para o Pro Bowl, entre 2014 e 2017, e uma para o All-Pro, em 2015. A notícia de sua doença, que é infecciosa, caiu como uma bomba no Cowboys. Ainda assim, a franquia supriu bem a sua ausência e conseguiu chegar aos playoffs em 2018.

Se o atleta conseguir, de fato, uma recuperação completa da Síndrome Guillain-Barré, será uma valiosa adição a um ataque que pretende mais uma vez estabelecer Ezekiel Elliott consistentemente. Em julho, teremos a confirmação sobre o real estado da reabilitação de Frederick.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.