sábado, 21 de novembro de 2015

Compartilhe

USC

A temporada 2015/2016 da FBS (primeira divisão) está chegando em sua reta final! A cada semana, diminui o número de candidatos aos Playoffs da CFB, mas muitas equipes ainda lutam para conseguir alguma vaga nos Bowls mais importantes do futebol americano universitário. Hoje vamos falar sobre alguns destaques da 11º rodada, listar os principais jogos da semana 12 da NCAA, falar um pouco de cada e separar o atletas para se observar. Fique à vontade para palpitar sobre os jogos nos comentários ou pelo Twitter/Facebook. Outras partidas que podem interessar aos leitores também são informadas mais abaixo com seus respectivos horários (todos em horário de Brasília).

Destaques da Semana 11:

QB Jake Rudock (Michigan): 33/46 em passes, 440 jardas, 6 TDs e 1 INT

RB1 Derrick Henry (Alabama) 22 tentativas para 204 jardas e 2 TDs
RB2 DeAndre Washington (Texas Tech): 27 tentativas para 248 jardas e 3 TDs

WR 1 Jehu Chesson (Michigan): 10 recepções para 207 jardas e 4 TDs
WR 2 Sterling Shephard (Oklahoma): 14 recepções para 177 jardas e 2 TDs
WR 3 Thomas Sperbeck (Boise St): 20 recepções para 281 jardas

TE Bradon Lingen (Minnesota): 6 recepções para 105 jardas e 1 TD

OL de Arkansas: 440 jardas totais, 299 jardas corridas e 2 sacks cedidos contra LSU

DE Jonathan Allen (Alabama): 7 tackles (3 para perda de jardas) 3 sacks e 1 fumble forçado
DE Noble Nwachukwu (WVU): 4 tackles (3 para perda de jardas) e 3 sacks
DT Larry Ogunjobi (Charlotte): 10 tackles (4.5 para perda de jardas) e 1.5 sacks
DT Aaron Curry (TCU): 8 tackles (3 para perda de jardas) e 2 sacks

ILB Elandon Roberts (Houston): 18 tackles (2 para perda de jardas), 1 sack e 1 INT
OLB Jatavis Brown (Akron): 11 tackles (4.5 para perda de jardas), 3 sacks, 1 INT, 1 fumble forçado e 1 passe desviado
OLB Nick Kwiatkoski (WVU): 9 tackles (1 para perda de jardas), 1 INT, 1 fumble forçado e 1 passe desviado

CB Savion Brown (UL-Lafayette): 7 tackles, 1 INT, 1 TD e 1 passe desviado
CB Marlon Humphrey (Alabama): 3 tackles e 1 INT
S Nate Gerry (Nebraska): 8 tackles, 1 INT e 2 passes desviados
S Anthony Nixon (Maryland): 7 tackles, 2 INTs e 1 fumble forçado

K Griffin Oakes (Indiana): 4/4 FGs (mais longo: 51 jardas), 3/3 XPs
P Johnny Townsend (Florida): 4 punts (mais longo de 57 jardas) e 46.5 jardas por punt

Principais Jogos da Semana 12:

21/11 (Sábado)

#22 Ole Miss “Rebels” (7-3) x #15 LSU “Tigers” (8-2) – 18:30

Robert-Nkemdiche

As coisas mudam rapidamente no College Football. Há algumas semanas atrás, Ole Miss e LSU eram fortes candidatas às vagas nos Playoffs. O Tigers vinha embalado, impulsionado pelo ano “monstruoso” do RB Leonard Fournette. Enquanto o Rebels era dono de um poderoso ataque e tinha chegado a vencer Alabama em setembro. Várias semanas, e derrotas, depois, ambos os times não possuem mais chances de alcançar a pós-temporada e viram Crimson Tide disparar na liderança da SEC.

Os dois times estão com a moral baixa, mas esse jogo deve ser bastante interessante. Ole Miss ainda tem o melhor ataque aéreo da SEC, e vai enfrentar a extremamente física defesa de LSU. O Tigers tem o Fournette, precisa de uma atração melhor? Será interessante ver como a defesa contra o jogo corrido de Ole Miss se comportará, o setor não tinha permitido nenhum jogador a correr mais do que 100 jardas em um jogo por seis semanas seguidas até o jogo contra Arkansas, quando Alex Collins correu para 109 jardas. Apesar de não ter passado das 100 jardas terrestres nos últimos dois jogos, Fournette ainda lidera a FBS com 1.643 jardas e incríveis 17 TDs. É a chance do jogador de recuperar o momento, mas Robert Nkemdiche e companhia não prometem vida fácil.

Jogadores para ficar de olho:

QB Brandon Harris (LSU)
RB Leonard Fournette (LSU)
WR Travin Dural (LSU)
WR Malachi Dupre (LSU)
OG Vadal Alexander (LSU)
LB Kendell Beckwith
DB Tre’Davious White (LSU)
DB Jalen Mills (LSU)
DB Kevin Tolliver II (LSU)

QB Chad Kelly (OM)
RB Jaylen Walton (OM)
WR Laquon Treadwell (OM)
WR Quincy Adeboyejo (OM)
TE Evan Engram (OM)
OT Laremy Tunsil (OM)
DT Robert Nkemdiche (OM)
DB Tony Conner (OM)

#23 Oregon “Ducks” (7-3) x #24 USC “Trojans” (7-3) – 18:30

vernon-adams-oregon

Oregon e USC figuraram no meu TOP 10 no início da temporada. Agora, o único TOP 10 que participariam seria o de decepções do ano. Entretanto, ambos os times ainda possuem chances de ir para o “Championship Game” da PAC-12 após recente sequência de vitórias, mas também dependem de outros resultados. O Trojans lidera a divisão Sul, empatado com Utah, já o Ducks, chegou à segunda posição na divisão Norte após vencer o líder Stanford.

O jogo é importantíssimo para os dois times e dentro de campo promete pegar fogo. Oregon é outro time com Vernon Adams de volta a posição de QB: são 4 vitórias seguidas desde o retorno do jogador, confrontos os quais o time teve médias de 42.3 pontos e 538.5 jardas por jogo. A “ressurreição” de USC também veio em um momento crucial, quando o time venceu o até então invicto Utah Utes. Agora, o ataque que possui o passador mais eficiente (Cody Kessler) e o recebedor com mais jardas (JuJu Smith) na Pac-12, tentará se aproveitar de uma defesa que tem sofrido bastante contra o jogo aéreo adversário.

Jogadores para ficar de olho:

QB Vernon Adams Jr. (Oregon)
RB Royce Freeman (Oregon)
OT Tyler Johnstone (Oregon)
DE DeForest Buckner (Oregon)

QB Cody Kessler (USC)
RB Ronald Jones II (USC)
WR JuJu Smith-Schuster (USC)
OLB Su’a Cravens (USC)
OLB Cameron Smith (USC)
DB/WR/KR Adoree Jackson (USC)
CB Kevon Seymour (USC)

#3 Ohio State “Buckeyes” (10-0) x #9 Michigan State “Spartans” (9-1) – 18:30 (ESPN+)

barrett_ohiostate

Finalmente Ohio State será “testada” em 2015. O time ainda é uma incógnita para alguns jornalistas, que, apesar de verem OSU vencendo todos os 10 jogos até aqui, não enxergam o mesmo time que foi campeão ano passado. A hora de provar o contrário chegou e com um incentivo a mais. Michigan State é a segunda colocada na divisão leste da Big Ten e só perdeu um jogo no ano inteiro.

Uma das maiores razões para os questionamentos sobre o potencial de OSU é a situação de QB. No início da temporada, Cardale Jones começou o ano de titular, mas perdeu a vaga para J.T. Barrett após desempenhos limitados. Barrett foi bem em alguns jogos até ser suspenso por dirigir sob efeito de álcool. Na volta da suspensão, o Buckeyes voltou a mostrar os mesmos problemas ofensivos que teve durante a temporada no ataque. Contra o Spartans, a história pode ser diferente.

Foi o que aconteceu no ano passado na partida vencida por Ohio State. Michigan State chegou a marcar 37 pontos, mas não conseguiu segurar o ataque do Buckeyes, o qual marcou 49 pontos. Dessa vez, o Spartans não quer que a história se repita, enquanto Ohio State busca mostrar toda sua força contra um perigosíssimo adversário.

Jogadores para ficar de olho: 

QB Cardale Jones (OSU)
QB JT Barrett (OSU)
RB Ezekiel Elliott (OSU)
WR Michael Thomas (OSU)
WR Braxton Miller (OSU)
OT Taylor Decker (OSU)
OG Pat Eflein (OSU)
DE Joey Bosa (OSU)
DT Adolphus Washington (OSU)
OLB Darron Lee (OSU)
OLB Joshua Perry (OSU)
OLB Raekwon McMillan (OSU)
CB Eli Apple (OSU)
DB Vonn Bell (OSU)

QB Connor Cook (Michigan State)
RB LJ Scott (Michigan State)
WR Aaron Burbridge (Michigan State)
OT Jack Conklin (Michigan State)
DE Shilique Calhoun (Michigan State)
LB Riley Bullough (Michigan State) 

#6 Oklahoma State “Cowboys” (10-0) x #10 Baylor “Bears” (8-1) – 22:30

jarrett-stidham

Em 2013, Baylor visitou Oklahoma State vindo de uma temporada invicta, enquanto o Cowboys tinha apenas uma derrota no ano. As coisas não terminaram bem para o Bears, que viu suas esperanças de conquistar o título da BCS acabarem com a derrota por 49 a 17. Dessa vez, os papéis se invertem: é o Cowboys quem continua invicto em 2015 e Baylor conheceu sua primeira derrota na semana passada para Oklahoma.

Mas não é só por vingança que Baylor vai jogar. Esse ano, a Big 12 não terá co-campeões, diferentemente do ano passado quando dividiram o título com TCU. Baylor ainda pode ser campeã se vencer o Oklahoma State, TCU e Texas, seus três jogos finais. Entretanto, teria que torcer para TCU e/ou Oklahoma State vencer Oklahoma, que leva vantagem no confronto direto.

Em se tratando do duelo em campo, a disputa entre o QB Jarrett Stidham, o RB Shock Linwood e o WR Corey Coleman contra a defesa do Cowboys será imperdível – essa mesma defesa foi responsável por frear o ataque de TCU algumas semanas atrás. O principal nome do setor é o DE Emmanuel Ogbah, o jogador tem pelo menos um sack em todos os jogos do time em 2015 e também é um exímio defensor contra o jogo corrido, características que o tornam um forte candidato a sair na 1ª rodada do Draft de 2016. Outro bom desempenho de Ogbah será crucial contra os playmakers do Bears.

Jogadores para ficar de olho:

QB Mason Rudolph (OK St.)
RB Chris Carson (OK St.)
WR David Glidden (OK St.)
WR James Washington (OK St.)
DE Emmanuel Ogbah (OK St.)
CB Kevin Peterson (OK St.)

QB Jarrett Stidham (Baylor)
RB Shock Linwood (Baylor)
WR Corey Coleman (Baylor)
WR Jay Lee (Baylor)
OT Spencer Drango (Baylor)
DT Andrew Billings (Baylor)
DE Shawn Oakman (Baylor)

Outros jogos importantes:

21/11 (Sábado)

Temple x #21 Memphis – 15:00
#8 Florida x Florida Atlantic – 15:00
Virginia Tech x #17 North Carolina – 15:00
#5 Iowa x Purdue – 15:00
Penn State x #12 Michigan – 15:00
Miami x Georgia Tech – 15:30
North Carolina State x Syracuse – 15:30
#14 Florida State x Chattanooga – 18:00
UCONN x #19 Houston – 18:30
#1 Clemson x Wake Forest – 18:30
Virginia x Duke – 18:30
Arizona State x Arizona – 18:30
#13 Utah x UCLA – 18:30
#25 Wisconsin x #20 Northwestern – 18:30
Pittsburgh x Louisville – 18:45
#2 Alabama x Charleston Southern – 19:00
Arkansas x Mississipi State – 22:00
Missouri x Tennessee – 22:15
Vanderbilt x Texas A&M – 22:30
#4 Notre Dame x Boston College – 22:30 (ESPN+)
#7 Oklahoma x #18 TCU – 23:00
#11 Stanford x Cal – 1:30

Ranking do College Football Playoff:

posição – equipe (recorde/conferência)

#1 Clemson Tigers (10-0/ACC)
#2 Alabama Crimson Tide (9-1/SEC)
#3 Ohio State Buckeyes (10-0/Big Ten)
#4 Notre Dame Fighting Irish (9-1/Independente)
#5 Iowa Hawkeyes (10-0/Big Ten)
#6 Oklahoma State Cowboys (10-0/Big 12)
#7 Oklahoma Sooners (9-1/Big 12)
#8 Florida Gators (9-1/SEC)
#9 Michigan State Spartans (9-1/Big Ten)
#10 Baylor Bears (8-1/Big 12)
#11 Stanford Cardinal (8-2/PAC-12)
#12 Michigan Wolverines (8-2/Big Ten)
#13 Utah Utes (8-2/PAC-12)
#14 Florida State Seminoles (8-2/ACC)
#15 LSU Tigers (7-2/SEC)
#16 Navy Midshipmen (9-1/Independente)
#17 North Carolina Tar Heels (9-1/ACC)
#18 TCU Horned Frogs (9-1/Big 12)
#19 Houston Cougars (10-0/AA)
#20 Northwestern Wildcats (8-2/Big Ten)
#21 Memphis Tigers (8-2/AA)
#22 Ole Miss Rebels (7-3/SEC)
#23 Oregon Ducks (7-3/PAC-12)
#24 USC Trojans (7-3/ PAC-12)
#25 Wisconsin Badgers (8-2/Big Ten)

Compartilhe

Comments are closed.