segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Compartilhe

No domingo de estreia da temporada 2020/21 da NFL, a nova era da franquia de Washington teve um início animador e surpreendente. Depois de tantas mudanças durante a offseason, incluindo a  retirada do seu antigo nome, o Washington Football Team bateu o rival Philadelphia Eagles por 27-17 de virada e garantiu a sua 1ª vitória em um jogo de abertura da temporada desde 2014. Mesmo com dificuldades no 1º tempo, o time mostrou força mental e, impulsionado pelo ótimo trabalho de sua defesa, tirou uma desvantagem de 17-0 do adversário para confirmar o triunfo. Em sua estreia como treinador na NFC Leste, Ron Rivera teve motivos para celebrar.

A vitória diante do rival de divisão não foi nada fácil e aconteceu na base da superação. Na 1ª etapa do jogo, o Eagles dominou as ações e abriu uma sólida vantagem de 17×0 sobre Washington. Com muitas faltas cometidas pelo seu jovem elenco (7 para uma perda total de 55 jardas), o time da casa não conseguiu estabelecer um ritmo de jogo diante do rival e deu oportunidades para que Carson Wentz conectasse duas vezes com os seus TEs na Endzone. No lado ofensivo da bola, Dwayne Haskins sofreu com a sua pontaria no 1º tempo e foi incapaz de construir jogadas ao lado dos seus jovens companheiros de ataque, o que tornou a vida da defesa do Eagles mais simples nos primeiros 30 minutos do confronto.

Leia mais: 7 favoritos aos prêmios de calouro ofensivo e defensivo do ano

Leia Também: A temporada 2020 da NFL voltou! Conheça os principais tipos de aposta e veja o passo a passo de como transformar o seu palpite em dinheiro no bolso

O grande momento de Washington no 1º tempo, e possivelmente o catalisador da mudança que resultou na vitória, foi a interceptação do DB Fabian Moreau já nos minutos finais da etapa inicial. Recarregado de confiança, Haskins aproveitou o turnover e conduziu a sua melhor campanha até então na tarde, achando o TE Logan Thomas na Endzone e reduzindo a desvantagem para 17-7 antes do intervalo. Na volta para o 2º tempo, Ron Rivera e coordernador ofensivo Scott Turner tornaram o ataque mais dinâmico, fazendo com que a bola saísse das mãos de Dwayne Haskins de forma mais rápida. Nos 30 minutos finais do jogo, o QB acertou 10 dos 15 passes que tentou para um total de 102 jardas . As boas campanhas conduzidas pelo camisa 7 também culminaram em 2 TDs do RB Peyton Barber e mudaram totalmente o destino da partida.

Apesar dos ajustes ofensivos, foi a defesa comandada por Jack Del Rio quem deu o tom abriu o caminho para o triunfo de Washington no 2º tempo. Ao diminuir as penalidades, forçar turnovers em downs e interceptar Carson Wentz em mais um momento crítico do jogo, o setor defensivo mostrou que pode ser especial ao longo da temporada e também no futuro. Com 8 sacks registrados, a melhor marca da equipe desde 2014, a unidade terminou a 2ª etapa sem sofrer pontos do Eagles e permitiu que a incrível virada se tornasse realidade. Ao todo, 7 jogadores tiveram participações nos sacks, entre eles o calouro Chase Young e o veterano Ryan Kerrigan, que agora é o líder isolado no quesito em toda a história da franquia com 92. A talentosa linha defensiva de Washington, considerada o ponto mais forte do time, deu o seu cartão de visitas e mostrou que pode ser um dos grandes trunfos da franquia em 2020.

https://twitter.com/WashingtonNFL/status/1305278117481787397

O QUE ESPERAR DE WASHINGTON NAS PRÓXIMAS SEMANAS?

A irregularidade demonstrada pelo Washington Football Team em seu jogo de estreia na temporada deve ditar o ritmo em 2020. Ron Rivera está em seu 1º ano como treinador da franquia, que conta com um QB jovem e com muito trabalho pela frente para se tornar consistente em sua carreira. O ataque também tem jogadores que precisam se provar dentro da liga e ainda não dá sinais de que poderá vencer as partidas sem a ajuda direta da defesa. A tendência é que o time tenha momentos de queda ao longo de 2020 e que ajustes precisem ser feitos ao longo do ano, mas a estreia mostrou um elenco comprometido em aprender e fortalecido mentalmente para as batalhas que estão por vir.

No setor defensivo, o investimento e o processo de reestruturação de Washington nas últimas temporadas já estão dando resultados. Nos últimos 4 anos, o time usou as suas escolhas de 1ª rodada do Draft para selecionar homens de linha defensiva e todos eles participaram da vitória diante do Eagles e dos 8 sacks registrados pela unidade na partida. Além disso, o time ainda conta com o segundoanista Jimmy Moreland como CB (autor de 1 interceptação na estreia) e o DB Landon Collins, um dos grandes líderes do setor. Com talento em todas as posições da defesa, a equipe já sabe qual é o caminho das vitórias e, à medida em que o ataque evoluir, a expectativa é que Washington se torne um time cada vez mais dinâmico. Em uma nova era da franquia da capital norte-americana, o início não poderia ter sido melhor.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.